Sexta-feira, 20 de Setembro de 2019
SOLIDARIEDADE

Jesuítas latino-americanos lançam campanha de sensibilização sobre a Amazônia

Ação visa arrecadar fundos para ações sociais de sustentabilidade e com povos tradicionais.



cq5dam.thumbnail.cropped.750.422_7A1B70ED-19E6-49D0-8C3B-0849D372619C.jpeg Foto: Reprodução/Vatican News
23/08/2019 às 16:21

Jesuítas na América Latina lançaram uma campanha em apoio à Amazônia. Com título “Déjate abrazar" ("Deixa-te abraçar"), a ação tem o objetivo de aumentar a conscientização sobre os principais problemas da Amazônia, além de mostrar o trabalho realizado pelos jesuítas na região e expandir ações de sustentabilidade do grupo com a captação de recursos.

O responsável do Serviço Jesuítico Panamazônico (SJPAM), Alfredo Ferro, comentou, por meio do site de notícias do Vaticano, que a Companhia de Jesus na América Latina, através da Conferência dos Provinciais, tem uma rede chamada Red Claver que arrecada fundos para as obras sociais.

Para divulgar e participar da campanha, o Serviço Jesuítico Panamazônico criou o site dejateabrazar.org. Por meio da plataforma online, doações podem ser feitas para auxiliar em obras sociais da Companhia de Jesus na Amazônia.

O SJPAM busca defender e promover a sustentabilidade ambiental e os direitos dos povos indígenas da Amazônia, por meio dos projetos sociais, educativos e pastorais que realizam no Brasil, Bolívia, Peru, Colômbia, Equador, Venezuela e Guiana. Podem ser feitas doações de qualquer valor mensal, em dólares ou soles peruanos.

 “A Amazônia é uma região indispensável para a sobrevivência da humanidade, cujos benefícios nos são oferecidos por séculos. No entanto, não pudemos cuidar dela, a ponto de que hoje a riqueza natural da floresta amazônica e as comunidades indígenas que o habitam estão em grave perigo. Diante disso, queremos rejeitar toda a indiferença e deixar-nos abraçar pela Amazônia, para acolher a vida que nos doa e suas necessidades mais urgentes”, diz trecho da campanha.

O site "déjate abrazar” recorda que nos últimos 50 anos a Amazônia perdeu quase 20% de sua extensão social, segundo o World Wide Fund for Nature. Segundo a FAO, 420 comunidades indígenas dependem diretamente de seus recursos. Já a ONG Global Witness, revela que em 2017 foram assassinados 57 líderes indígenas brasileiros, por defenderem o meio ambiente.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.