Publicidade
Cotidiano
Notícias

José Melo exonera secretário de Habitação e coloca aliado no posto

Sidney de Paula foi substituído pelo engenheiro Gilberto Alves de Deus, que chegou a ser cotado para a Seinfra. O novo diretor-presidente da Suhab é filiado do Pros em Coari desde 2013 03/08/2015 às 22:24
Show 1
Troca na Superintendência Estadual de Habitação foi silenciosa. Motivos não foram justificados pelo governo
Janaína Andrade Manaus (AM)

O Governo do Estado indicou o engenheiro Gilberto Alves de Deus para a Superintendência de Habitação do Amazonas (Suhab) para o lugar de Sidney Oliveira de Paula. A troca foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) do dia 31 de julho, disponível na Internet ontem (3). Em dezembro de 2014 chegou a ser cogitado que o engenheiro assumiria da Secretaria Estadual de Infraestrutura, chefiada por Waldívia Alencar.

Filiado ao Pros pelo município de Coari desde outubro de 2013, Gilberto Alves  é engenheiro civil, responsável técnico da empresa Gad Engenharia e Construção Civil LTDA. A Suhab é a pasta do governo responsável pelo planejamento, desenvolvimento e execução da Política Estadual de Habitação.

A finalidade da secretaria é de estudar os problemas de habitação de interesse social e o planejamento e a execução dos conjuntos habitacionais, em coordenação com os diferentes órgãos estaduais e municipais ligados ao Sistema Financeiro de Habitação.

À frente da Suhab desde 2008, Sidney Robertson Oliveira de Paula é funcionário público de carreira e engenheiro. Em novembro de 2013,  o promotor Edílson Queiroz Martins, por meio de uma ação por improbidade administrativa, pediu o bloqueio dos bens do presidente da Suhab e do consultor José Antônio Dias de Carvalho que recebeu R$ 4,5 milhões das contas do Governo Estadual em acordo extrajudicial considerado irregular.

À vista

Desde que José Melo assumiu o Governo do Estado em abril de 2014 e mesmo após a sua reeleição, um segundo nome era cogitado para assumir a Suhab, o do ex-vereador e ex-deputado estadual Francisco Bambolê. Bambolê foi secretário municipal de assuntos fundiários de Amazonino, entre 1993 e 1994. Mas membros da cúpula do governo garantem que o ex-deputado não é digno do cargo, apesar de pertencer ao grupo de Melo.

A causa da saída de Sidney de Pauda não foi divulgada pelo governo. Até a tarde de ontem, a mudança na Suhab era de desconhecimento da Secretaria de Estado de Comunicação.

A troca mais recente no secretariado de Melo foi no dia 20 de junho. Na ocasião, o titular há cinco anos da Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (Susam), Wilson Alecrim, entregou o pedido de exoneração ao governador. Alecrim deixou a pasta criticando a diminuição do orçamento da Susam.

No dia 24 de junho, o médico cirurgião-geral Pedro Elias de Souza, que era diretor da Fundação do Coração Francisca Mendes, foi anunciado como novo secretário de Estado de Saúde.

Origem

A Suhab  foi criada na administração do ex-governador Amazonino Mendes, em 1995, através da lei 2.330, e fazia parte da Administração Direta do Executivo. A finalidade da Suhab é planejar as atividades setoriais a cargo do governo do estado que visem ao desenvolvimento social por meio de ações relativas a área habitacional.

Trocas vão continuar

Outra mudança em órgão do Governo do Estado deve ocorrer no Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AM). Isso porque o diretor-presidente do Detran, Leonel Feitoza, quer deixar a pasta para disputar a prefeitura de Iranduba anos que vem.

Para se habilitar ao pleito, Leonel já estaria providenciando seu cadastro biométrico e transferindo o domicílio eleitoral para o município, que fica a 25 quilômetros de Manaus.

De acordo com o Portal da Transparência do Estado (www.transparencia.am.gov.br) o orçamento do Departamento Estadual de Trânsito para 2015 é de R$ 55,3 milhões.

Publicidade
Publicidade