Quarta-feira, 13 de Novembro de 2019
Notícias

Juiz se afasta ao alegar suspeição em processo trata de formação de quadrilha e fraude, em Iranduba

Processo, de autoria do MP-AM, trata de suposta formação de quadrilha e fraude em licitação na obra de recuperação da estrada Carlos Braga, que liga a rodovia Manuel Urbano ao município. E tem  entre os acusados o ex-prefeito Nonato Lopes, e o dono da empresa Pampulha, Alexandre Lages



1.jpg O ex-prefeito de Iranduba, Nonato Lopes, é um dos acusados no processo
23/07/2015 às 13:03

Depois de ter determinado o cumprimento da carta precatória da Justiça de Iranduba para colher o depoimento, dentre outros, do ex-secretário estadual de infraestrutura Marco Aurélio Mendonça, o juiz Ernesto Anselmo Queiroz se afastou do caso alegando-se suspeito por motivo de foro íntimo.

O processo, de autoria do Ministério Público Estadual (MP-AM), trata de suposta formação de quadrilha e fraude em licitação na obra de recuperação da estrada Carlos Braga, que liga a rodovia Manuel Urbano ao Município de Iranduba. E tem como acusados o ex-prefeito Nonato Lopes, o dono da empresa Pampulha, Alexandre Lages, e os ex-membros da Comissão de Licitação do Município Juarez Frazão Júnior, Gisele de Moraes e Esther Santa Brígida.



O pedido de coleta dos depoimentos de cinco pessoas foi feito pela juíza da 2ª Vara da comarca de Iranduba, Melissa Sanches. São eles: Juarez Frazão Júnior, Fernando Cunha, José Paulo Sodré Neto e Mauro Mansur da Silva e Marco Aurélio, que não é réu no processo.

No dia 7 de abril deste ano, o documento foi registrado no Fórum Henoch Reis na Vara de Registros Públicos e Precatórias. No dia 27 de maio, o juiz Ernesto Chíxaro emitiu despacho dizendo: “Cumpra-se, providenciando o necessário. Após, à origem com nossos sinceros cumprimentos”. Em 7 de julho, ele julgou-se suspeito e remeteu o caso para a sua substituta legal, a titular da 1ª Vara Cível da Capital, juíza Joana Meireles.

Em Iranduba, a ação teve início em janeiro de 2011. As supostas irregularidades na obra de R$ 11,2 milhões ocorreram em 2006.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.