Sábado, 29 de Fevereiro de 2020
VOTAÇÃO

Julgamento de cassação de Melo empata em 2 a 2; restam três votos

Luís Roberto Barroso e Edson Fachin, ambos do STF, votaram pela cassação do governador e pela realização de novas eleições



barroso_fachin.jpg Ministros do STF votaram pela cassação de Melo
04/05/2017 às 10:55

O julgamento do recurso do governador José Melo e do vice-governador Henrique Oliveira contra a cassação do mandato está empatado em 2 a 2. A sessão ocorre na manhã desta quinta-feira, no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Depois do voto do relator Napoleão Nunes Maia Filho contra a cassação, acompanhado em seguida pela ministra Luciana Lóssio, o cenário começou a mudar. Primeiro, o ministro Luís Roberto Barroso votou pela cassação do governador, divergindo dos votos anteriores.



Para Barroso, restou configurada a acusação de compra de votos tendo em vista o material dos autos.  

Logo na sequência, o também ministro do STF Edson Fachin acompanhou o voto de Luís Roberto Barroso. De maneira breve, ele afirmou que o voto e Barroso apenas referendou o entendimento que ele já tinha sobre o caso, entendendo que houve compra de votos.

Mais informações em instantes


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.