Publicidade
Cotidiano
Notícias

Julgamento do goleiro Bruno começa nesta segunda (4) no fórum de Contagem (MG)

Dayanne Souza, ex-mulher do atleta, também será julgada por supostamente ter ajudado no sequestro de Bruninho Samudio, filho Eliza e Bruno 04/03/2013 às 09:36
Show 1
Julgamento do goleiro Bruno começa nesta segunda (4) no fórum de Contagem (MG). Ele vai a júri popular acusado de ter ordenado o sequestro e morte da modelo Eliza Samudio e de ter ocultado o cadáver da vítima
acritica.com Manaus

A partir desta segunda-feira (4) começa o julgamento do goleiro Bruno Fernandes, acusado de ter ordenado o sequestro e morte da modelo Eliza Samudio e de ter ocultado o cadáver da vítima, quase três anos após o crime.

Bruno Fernandes irá a júri popular no fórum Doutor Pedro Aleixo, em Contagem (região metropolitana de Belo Horizonte). Dayanne Souza, ex-mulher do atleta, também será julgada por supostamente ter ajudado no sequestro de Bruninho Samudio, filho Eliza e Bruno.

O julgamento de Bruno ocorre quatro meses depois do júri que condenou Luiz Henrique Romão, o Macarrão, a 15 anos pelo sequestro das duas vítimas e por participação na morte de Eliza.  Bruno só não foi julgado com Macarrão porque, no meio do júri, dispensou o advogado Rui Pimenta, com o argumento de que não se sentia seguro com o defensor.

O goleiro nomeou Lúcio Adolfo da Silva para o lugar de Pimenta, mas pediu que seu julgamento fosse adiado para que o novo defensor pudesse tomar conhecimento dos autos. A manobra do goleiro provocou também o desmembramento do júri de Dayanne, cujo advogado, Francisco Simim, também compunha a defesa de Bruno.  

O júri de novembro passado foi marcado por uma grande reviravolta: Macarrão, que sempre jurou amizade eterna a Bruno, confessou participação nos crimes e acusou o goleiro de ter mandado matar a modelo.

Publicidade
Publicidade