Publicidade
Cotidiano
Operação Zelotes

Justiça aceita denúncia contra presidente do Bradesco e mais nove na Operação Zelotes

Agora réus, eles passam a ser acusados de corrupção ativa e passiva, organização criminosa, lavagem de dinheiro e tráfico de influência por obter vantagens na Carf 28/07/2016 às 17:28
Show 1414442043 bradesco
Eles são acusados de obter vantagens no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Foto: Divulgação)
André Richter - Agência Brasil Brasília (DF)

A Justiça Federal em Brasília aceitou nesta quinta-feira (28) denúncia contra o diretor-presidente do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco, e mais nove pessoas na Operação Zelotes. Com a decisão, todos viraram réus na investigação.

Os acusados foram denunciados pelo Ministério Público (MPF) pelos crimes de corrupção ativa, corrupção passiva, organização criminosa, lavagem de dinheiro e tráfico de influência. Eles são acusados de obter vantagens no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf).

A Zelotes investiga um suposto esquema de venda de sentenças no Carf para beneficiar empresas multadas pela Receita Federal e a negociação de medidas provisórias em favor de empresas do setor automobilístico. Vinculado ao Ministério da Fazenda, o Carf é um órgão ao qual contribuintes recorrem contra multas.

Outro lado

Em nota à imprensa, o Bradesco negou as acusações do MPF.  “O Bradesco reitera sua convicção de que nenhuma ilegalidade foi praticada por seus representantes e, em respeito ao rito processual, apresentará oportunamente seus argumentos ao Poder Judiciário”, afirmou o banco.

Publicidade
Publicidade