Segunda-feira, 20 de Janeiro de 2020
Notícias

Justiça do Amazonas decide nesta segunda (28) destino do Quinteto Fantástico

Desembargador Ari Moutinho julga nesta segunda (28) recurso dos delegados que desejam permanecer no cargo



1.jpg Quinteto Fantástico
28/05/2012 às 07:49

Nesta segunda-feira (28), os  delegados reprovados no concursos público da Polícia Civil de 2009, conhecidos como “Quinteto Fantástico”, terão o recurso em que pedem para ser mantidos nos cargos julgado pelo desembargador do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM), Ari Moutinho.

Está previsto para a manhã desta segunda (28), a entrega do relatório da Comissão Especial criada pelo governador Omar Aziz (PSD), para analisar os documentos sobre o caso. Com base nele, Aziz decidirá pela exoneração ou não dos cinco delegados. A comissão é chefiada pelo secretário da Casa Civil, Raul Zaidan, e representantes da OAB-AM, PGE-AM e Controladoria do Estado.



Laura Câmara, Indra Celani leal, Herbert Ferreira Lopes, Caio César da Rocha Medeiros Nunes e Thomaz Vasconcelos foram denunciados no dia 3 de maio por A CRÍTICA por terem sido nomeados pelo então delegado-geral Mário César Nunes sem respaldo legal.

Em maio de 2010, os delegados ingressaram com ação judicial pedindo a revisão da correção das provas dissertativas e a matrícula no curso de formação. A juíza da 3ª Vara de Fazenda Pública, Etelvina Lobo, autorizou a correção mas negou a matrícula no curso.

Em 28 de maio, o juiz Jomar Fernandes, deu liminar para a matrícula no curso de formação. Em 14 de setembro de 2010, Etelvina extinguiu o processo e os delgados entraram com o recurso que será julgado hoje por Moutinho.

A reportagem tentou conversar com os membros da comissão, mas os telefones deles estavam em “caixa postal”.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.