Publicidade
Cotidiano
ELEITORAL

Justiça proíbe presença de candidatos nas eleições durante shows em Eirunepé

Decisão também proíbe menção de nomes de candidatos durante eventos na cidade nos dias 3 e 4 de outubro, em comemoração ao aniversário do município 04/10/2018 às 10:48 - Atualizado em 04/10/2018 às 10:48
Show show 68053 bf227c55 5771 4633 8d55 01efb72032d5
Foto: Arquivo A Crítica
acritica.com

A pedido do Ministério Público Eleitoral (MP Eleitoral) no Amazonas, o Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) proibiu a presença de políticos e a menção a nomes de candidatos ao pleito deste ano durante shows da cantora Naiara Azevedo e da banda 007, marcados para ocorrer no município de Eirunepé, a 1.160 quilômetros de Manaus, nos dias 3 e 4 de outubro.

A decisão foi proferida no âmbito de Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije), que tem, entre os alvos, o governador e candidato à reeleição, Amazonino Mendes (PDT), e o prefeito de Eirunepé, Raylan Barroso Alencar (PROS). A decisão também estabelece que cada ato de descumprimento às determinações judiciais implica em multa de R$ 100 mil, tanto em relação à presença de candidatos nos shows quanto à menção de seus nomes durante esses eventos.

Conforme a ação do MP Eleitoral, o município de Eirunepé possui histórico de eventos promovidos com a finalidade de angariar votos para Amazonino Mendes, que é nascido naquela localidade e está concorrendo à reeleição ao governo do Estado neste ano.

A ação do MP Eleitoral segue em tramitação no Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM), sob o número 0602091-67.2018.6.04.0000.

*Com informações da assessoria de imprensa

Publicidade
Publicidade