Publicidade
Cotidiano
Notícias

Jutaí e St. Antônio do Içá, no AM, estão entre as cidades com maior vulnerabilidade social, diz Ipea

Nenhuma cidade do Amazonas ficou na lista dos 10 municípios com baixo Índice de Vulnerabilidade Social (IVS). Quanto menor o índice, melhor a qualidade de vida da cidade.  01/09/2015 às 10:36
Show 1
Município de Jutaí, no interior do Amazonas, é um dos que encabeça a infeliz lista
Luana Carvalho Manaus (AM)

Dois municípios do Amazonas estão entre as dez cidades com maior Índice de Vulnerabilidade Social (IVS), divulgado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) na manhã desta terça-feira (1°). Santo Antônio do Içá (a 878 km de Manaus) e Jutaí (distante 751 km da capital) apresentam falta de infraestrutura urbana, altos índice de desemprego e de mortalidade infantil, além de saúde e educação precárias. 

Na região Norte, 41,9% dos municípios estão no grupo de IVS muito alto. O estado que apresenta maior percentual de municípios nessa faixa do IVS é o Amazonas, com 80,6%, seguido do Pará, com 63,6%. 

O Atlas da Vulnerabilidade Social nos Municípios Brasileiros traz o Índice de Vulnerabilidade Social (IVS) para os 5.565 municípios do país. Nenhuma cidade do Amazonas ficou na lista dos 10 municípios com baixo IVS. Quanto menor o índice, melhor a qualidade de vida da cidade. O estudo tem como base dados dos Censos de 2000 e 2010. 

Os dados revelam que o Brasil apresentava, em 2000, IVS igual a 0,446, posicionando-se na faixa da alta vulnerabilidade social. Dez anos depois, o índice caiu para 0,326, na faixa de média vulnerabilidade social – uma redução de 27% no período. 

De acordo com a pesquisa, a quantidade de municípios brasileiros com alta ou muito alta vulnerabilidade social caiu de 3.610 em 2000 para 1.981 em 2010, enquanto o número de municípios com baixa ou muito baixa vulnerabilidade social passou de 638 em 2000 para 2.326 dez anos depois. 

No entanto, ainda segundo o Ipea, permanece um quadro de disparidades regionais, com a concentração de municípios na faixa de muito alta vulnerabilidade social na região Norte – estados do Acre, Amazonas, Pará, Amapá e Rondônia – e no Nordeste – principalmente nos estados do Maranhão, de Alagoas e de Pernambuco, além de porções do território baiano.

Na região Norte, 41,9% dos municípios estavam na faixa de IVS muito alto em 2010 e não havia nenhum município com o índice muito baixo. As cidades de Jutaí e Santo Antônio do Içá (ambos do Amazonas), dividem o ranking dos municípios de 'muito alta vulnerabilidade' com Fernando Falcão (MA), Amapá do Maranhão (MA), Aveiro (PA), Humberto de Campos (MA), Icatu (MA), Santo Amaro do Maranhão (MA), Prainha (PA) e Viseu (PA). 

Santo Antônio do Içá, com 24 mil habitantes, ocupa a 7º posição, enquanto Jutaí, com 17 mil habitantes, está em penúltimo lugar em relação ao índice de vulnerabilidade, com oito municípios com maiores índices negativos à frente. 

Publicidade
Publicidade