Terça-feira, 23 de Abril de 2019
publicidade
1.jpg
publicidade
publicidade

Notícias

Laboratório do Hemoam vai ampliar 'Teste do Pezinho'

Atualmente o exame é realizado em postos de coleta que funcionam em unidades de saúde de todo o Estado, tanto na capital, quanto no interior


26/04/2013 às 18:29

A Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam), referência na análise do “Teste do Pezinho” para toda a região Norte, está se preparando para ampliar o alcance do exame. A intenção é permitir a detecção de um número maior de doenças raras, em recém-nascidos.

O secretário estadual de Saúde, Wilson Alecrim, explica que, atualmente, as análises realizadas pelo laboratório da FHemoam estão inseridas na chamada fase 1 deste procedimento e permitem a detecção do hipotireoidismo congênito e da fenilcetonúria. O objetivo é avançar para a fase 2, que inclui a triagem, o diagnóstico e o tratamento da doença falciforme e outras hemoglobinopatias em recém-nascidos.

Nelson Fraiji, diretor-presidente da FHemoam, explica que no período de 6 a 20 deste mês, uma equipe de profissionais da Fundação participou, no Instituto Estadual de Hematologia Arthur de Siqueira Cavalcante (Hemorio), no Rio de Janeiro, e no Núcleo de Ações e Pesquisa em Apoio Diagnóstico (Nupad), da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), de um treinamento promovido pelo Ministério da Saúde, sobre o tema.

Segundo Fraiji a meta do Ministério da Saúde é igualar todos os laboratórios de hemocentros do Brasil na fase III, até o fim deste ano. Nesta fase são detectadas além do Hipotireoidismo Congênito, Fenilcetonúria e Hemoglobinopatias, a Fibrose Cística. Para 2014, a meta é atingir a fase IV, uma novidade que vai incluir no diagnóstico, a Biotinidase que, se não tratada, pode levar ao retardo mental e a Síndrome Adrenal Congênita.

“Agora, nós teremos uma ação preventiva mais ampla. Poderemos detectar precocemente essas doenças e intervir, evitando sequelas, para que essa criança venha a ter uma vida de qualidade. Ou seja, é um olhar para a atenção primária da saúde pública do nosso Estado”, disse Fraiji.

Além do treinamento dos profissionais, para a evolução do laboratório da FHemoam à chamada fase II do “Teste do Pezinho”, a unidade deverá realizar em breve uma licitação para aquisição de materiais e equipamentos. “Em relação aos recursos humanos já estamos aptos”, disse a bioquímica do Hemoam, Lilian Moreira. Após a licitação, o Ministério da Saúde fará uma vistoria no laboratório, para avaliar se os procedimentos estão dentro das exigências do Programa Nacional de Triagem Neonatal.

O teste

Lilian Moreira diz que a coleta do “Teste do Pezinho” é realizada em postos de coleta que funcionam em unidades de saúde de todo o Estado, tanto na capital, quanto no interior. Em seguida, as amostras são enviadas ao laboratório de referência da FHemoam, para análise. O resultado sai em duas semanas, em média. Quando detectada alguma anormalidade, o recém-nascido é encaminhado para o Serviço de Referência em Triagem Neonatal, composto de médicos pediatras, psicólogos e nutricionistas, que atendem aos pacientes para que eles recebam o tratamento adequado. O Serviço funciona, há 11 anos, na Maternidade Balbina Mestrinho, também do Governo do Estado.

Segundo Lilian Moreira, o período ideal para coleta do exame é do 5º ao 7º dia após o nascimento. “Quanto mais cedo o diagnóstico dessas anormalidades, melhor para o tratamento do bebê para evitar sequelas como distúrbios do metabolismo, retardo mental, doenças do sangue, entre outras detectáveis no teste do pezinho”, explica.

O teste do pezinho pode ser feito diretamente no Hemoam, de segunda a sexta-feira, de7h30 às 9h30. É necessária a carteira de vacinação do bebê e a requisição do médico, entregue na hora do nascimento.

*Com informações da assessoria de imprensa da Susam


publicidade
publicidade
Famílias do Amazonas vão participar de estudo do MS sobre nutrição infantil
Autoexame da mama não substitui exame clínico, diz Ministério da Saúde
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.