Domingo, 27 de Setembro de 2020
LEGADO DA CONSULTORIA

Líder do governo cobra acesso a consultoria milionária contratada por Amazonino

Empresa americana Security e Safety, do ex-prefeito de Nova Iorque Rudolph Giuliani, custou aos cofres públicos R$ 1,5, milhões. À época, Amazonino alegou que a consultoria da empresa resolveria os problemas da segurança do Estado



0709725d-d389-460a-9b78-c9dce102b765_4D4F3796-2340-44A8-BFD9-7F7997C29EA2.jpg Foto: Divulgação
06/08/2020 às 12:05

A deputada estadual e líder do governo Joana Darc (PL) cobrou nesta quinta-feira (6) do deputado Dermilson Chagas (Podemos), ex-líder do governo Amazonino Mendes na Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM), a consultoria do ex-prefeito de Nova Iorque (EUA), Rudolph Giuliani, para ações de segurança pública do Estado, contratada por Amazonino em abril de 2018.

Joana quer ter acesso à consultoria para subsidiar ações de segurança pública do governo Wilson Lima (PSC). Ao ter acesso ao documento, a deputada prometeu levar o teor da consultoria ao governo do Amazonas



“Quero, inclusive, pedir de vossa excelência para eu ter acesso àquela consultoria do Giuliani que foi pago R$ 1,5 milhão de dólares para uma consultoria que traria planejamento e neste documento traria aqui para a gente a solução da segurança pública. Quero colocar aqui, deputado Dermilson, vossa excelência que era líder do governo Amazonino e eu que sou líder do governo Wilson Lima para que nós dois independentemente das posições, vossa excelência possa trazer o que consta e me colocar a par desta consultoria”, solicitou Joana de Dermilson.

A cobrança da deputada foi feita durante discurso de Dermilson que falava da morte de dois policiais em um ataque de criminosos nesta segunda-feira (3) no município de Nova Olinda do Norte. Equipes do Comando de Operações Especiais (COE) e do Batalhão Ambiental da Polícia Militar foram alvos de um ataque no Rio Abacaxis durante a operação.

O parlamentar estadual afirmou que o estado atuou com “falta de planejamento” e enviou os policiais para uma operação “sem armamento pesado”.

Dermilson ainda foi aparteado por outros deputados que também falaram da operação. No entanto, o deputado não respondeu Joana sobre a cobrança dela para ter acesso à consultoria.

Consultoria milionária

A contratação da empresa de Giuliani, a Security e Safety, por mais de R$ 5,6 milhões pelo ex-governador tampão Amazonino Mendes (Podemos) chegou a ser alvo de investigação por suspeita de irregularidades na dispensa da licitação.

O Ministério Público do Amazonas (MP-AM) abriu inquérito para apurar a dispensa de licitação do contrato. À época, o então deputado estadual Sabbá Reis protocolou requerimento solicitando a apuração de suspeita de irregularidades.

A empresa americana recebeu mais de R$ 1,6 milhão pelo serviço em menos de dois meses de contrato.

O documento foi entregue em junho de 2018 em evento no Centro Cultural Palácio Rio Negro, no Centro de Manaus. No documento entregue a Amazonino, estão as recomendações para as próximas etapas do projeto de modernização e melhoria do sistema de segurança pública do Amazonas, cujo o objetivo é a redução da criminalidade.

O governo Amazonino anunciou que o Amazonas seria o primeiro estado do Brasil a receber consultoria de Rudolph Giuliani, o criador programa “Tolerância Zero”, implantado em Nova York quando era prefeito e que reduziu o índice de criminalidade em mais de 60%, entre 1994 e 2002.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.