Publicidade
Cotidiano
INTERIOR

Lixo nas margens de estrada dificulta acesso de comunitários à cidade de Maués

Moradores "sujões" já foram autuados, segundo a prefeitura, que prometeu fazer limpeza na área quando parar de chover 14/02/2019 às 03:00 - Atualizado em 14/02/2019 às 08:43
Karol Rocha Manaus (AM)

Moradores da estrada Maués Mirim, uma das principais vicinais do município de Maués (localizado a 641 quilômetros de Manaus), têm reclamado da quantidade de lixo jogado pela própria população ao longo da estrada, que também dá acesso à lixeira pública da cidade.

Além da lama em todo o ramal nesse período do ano (no verão o problema é a poeira), quem mora naquela área precisa conviver com o lixo e animais como urubus sobrevoando a via.

“Os lixos são das pessoas que jogam pela estrada. Antigamente ainda havia quem recolhesse, mas, agora, já tem um tempo que o lixo não é retirado da estrada. Há muita sujeira, todo o tipo de lixo e até animais mortos e ossada. Está horrível a situação”, conta a moradora Simone Pena, 42.

A dona de casa Milena Cruz, 22, também relatou a dificuldade que é passar pela estrada, a pé de carro ou moto. “A estrada está cheia de lixo e não há tem condições de andar. Além do forte odor do lixo, há muitos urubus na área e é um perigo para quem anda de moto porque eles [os urubus] ficam passando pela frente”, contou.

Milena acrescentou sobre a problemática da energia. “A iluminação da estrada é precária, não há luz”, disse.

Limpeza após as chuvas

Em resposta às demandas da população, a Prefeitura de Maués ressaltou, em nota, que realiza coleta do lixo doméstico diariamente em toda cidade, porém o serviço não é executado nas estradas vicinais. “O local indicado é uma estrada vicinal que dá acesso à lixeira do município e moradores insistem em descartar lixo/entulho na estrada, os mesmos foram autuados pelos órgãos competentes”, informou. “Periodicamente as máquinas da prefeitura limpam as estradas”, afirmou.

A prefeitura prometeu que, tão logo as chuvas deem uma trégua e haja pelo menos dois ou três dias de Sol, a limpeza será executada. “É preciso que o solo esteja seco para aguentar o trânsito das máquinas pesadas (pá carregadeira e caçamba)”, explicou. O interesse em manter a via limpa é também da administração, pois todos os dias o transporte escolar faz uso das vias para pegar e deixar alunos nas escolas”, ressaltou.

Promessa de iluminação

Quanto à iluminação, o Município informou que está realizando a revitalização da iluminação pública de toda cidade e, tão logo seja concluído o serviços na área urbana, deverá se estender para as estradas vicinais.

Publicidade
Publicidade