Publicidade
Cotidiano
CALHAS DO SOLIMÕES E PURUS

Mais cinco municípios entram em ‘Situação de Emergência’ em decorrência da enchente

As cidades que passaram a integrar a lista da Defesa Civil do Amazonas são Benjamin Constant, Atalaia do Norte, Tapauá, Tabatinga e Tonantins 08/05/2017 às 17:15
Show enchente
Benjamin Constant é um dos municípios que estão em Situação de Emergência. Foto: Divulgação/Defesa Civil AM
acritica.com Manaus (AM)

A Defesa Civil do Amazonas colocou nesta segunda-feira (8) mais cinco municípios das calhas do Solimões e Purus em “Situação de Emergência” por conta da cheia dos rios. O órgão que está atendendo os afetados do Juruá e Purus, já inseriu as cidades no cronograma de atendimento humanitário.

“Essa enchente já está causando a segunda fase de impacto e a Defesa Civil enviará técnicos para as calhas do Solimões e Purus para avaliar as necessidades para o atendimento imediato da população”, disse o secretário Adjunto da Defesa Civil AM, Hermógenes Rabelo.

Após esse levantamento, as cidades de Benjamin Constant e Atalaia do Norte, no Alto Solimões; Tapauá localizado no Purus; e ainda Tabatinga e Tonantins, da calha do Solimões, receberão apoio do Estado que irá distribuir ajuda humanitária até que se restabeleça a normalidade de pouco mais de 7 mil famílias que  já estão prejudicadas pela enchente.

Os cinco decretaram “Situação de Emergência” entre os dias 20 e 27 de abril. Os demais municípios que se encontram com a mesma problemática são da calha do Juruá, sendo Guajará, Ipixuna, Eirunepé, Itamarati e Carauari, além de Canutama da calha do Purus. Ao todo, 17.532 famílias foram afetadas pelo avanço da enchente.  

Visita técnica Jutaí

Agentes da Defesa Civil AM estão no município de Jutaí na calha do Médio Solimões realizando capacitação técnica para a Defesa Civil local e voluntários, no intuito de aprimorar entre outras atividades, as ações em prol de afetados durante desastres.

Estão na pauta de treinamento temas como a criação de Núcleos Comunitários de Proteção e Defesa Civil (NUPDEC), a importância do sistema de Defesa Civil e ainda, o correto preenchimento do formulário de informações sobre desastres no Sistema Integrado sobre Desastres (S2ID), realizado pela internet.  

BALANÇO ENCHENTE 2017

SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA

1- Guajará (calha do Juruá)

2-Ipixuna (calha do Juruá)

3-Eirunepé (calha do Juruá)

4-Itamarati (calha do Juruá)

5-Carauari (calha do Juruá)

6-Canutama (Purus)

7-Benjamin Constant (alto solimões) novo

8-Atalaia do Norte (alto solimões) novo

9-Tapauá (Purus)  novo

10-Tabatinga (calha do Solimões) novo

11-Tonantins (calha do Solimões) novo

Famílias afetadas: 17.532

SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA (DESLIZAMENTO DE TERRA)

1- Manacapuru (calha do Baixo Solimões)  –Status: Atendido

2- Tefé (calha do Médio Solimões)  – Status: Atendido

Famílias afetadas: 121

SITUAÇÃO DE ALERTA

1-São Paulo de Olivença (calha do Solimões)

2-Santo Antônio do Iça (calha do Solimões)

3-Amaturá (calha do Solimões)

4-Parintins (calha do Baixo Amazonas)

5-Barreirinha (calha do Baixo Amazonas)

6-Nhamundá (calha do Baixo Amazonas)

7-Urucará (calha do Baixo Amazonas)

8-Boa Vista do Ramos (calha do Baixo Amazonas)

9-Maués (calha do Baixo Amazonas)

10-São Sebastião do Uatumã (calha do Baixo Amazonas)

11-Jutaí (calha do Médio Solimões) 

12-Coari (calha do Médio Solimões) 

13-Fonte Boa (calha do Médio Solimões) 

14-Uarini (calha do Médio Solimões)

15-Alvarães (calha do Médio Solimões)

16-Tefé (calha do Médio Solimões) 

17-Codajás (calha do Médio Solimões)

18-Manacapuru (calha do Médio Solimões)

19-Iranduba (calha do Médio Solimões)

20-Anori (calha do Médio Solimões)

21-Anamã (calha do Médio Solimões)

22-Manaquiri (calha do Médio Solimões)

23-Itacoatiara (calha do Médio Amazonas)

24-Autazes (calha do Médio Amazonas)

25-Silves (calha do Médio Amazonas)

26-Itapiranga (calha do Médio Amazonas)

27-Urucurituba (calha do Médio Amazonas)

28-Maraã (médio Solimões)

29-Careiro da Várzea (Amazonas)

30-Careiro Castanho (Médio Solimões)

SITUAÇÃO DE ATENÇÃO (ENCHENTE)

1- Manaus- (Negro)

2- Novo Airão- (Negro)

3- Borba (Baixo Madeira)

4- Nova Olinda do Norte (Baixo Madeira)

Publicidade
Publicidade