Publicidade
Cotidiano
MORADIA

Mais de 3,8 mil imóveis do Minha Casa Minha Vida serão entregues no interior do AM

Programa espera entregar, nos próximos meses, conjuntos habitacionais em pelo menos sete municípios, sendo o próximo deles em Manacapuru 01/08/2017 às 21:31 - Atualizado em 02/08/2017 às 01:39
Show capturar
Entrega de unidades habitacionais do MCMV no Careiro Castanho (Foto: Valdo Leão)
acritica.com Manaus (AM)

O superintendente regional da Caixa Econômica no Amazonas, Mario Tonon, visitou o governador David Almeida na manhã desta terça-feira, num gesto de agradecimento a intervenções feitas para destravar processos burocráticos que estavam atrasando as obras do programa Minha Casa Minha Vida, no estado. 

Com isso, a Caixa espera entregar, nos próximos meses, conjuntos habitacionais do MCMV em pelo menos sete municípios. O próximo deles, previsto para concluir em setembro e entregar em outubro, é o de Manacapuru, com 667 unidades habitacionais.

Ele explica que estão em estagio avançado de obras os conjuntos habitacionais do MCMV em Manacapuru, Maués Tabatinga, Iranduba, Itacoatiara, Parintins e Coari. São mais de 3,8 mil unidades em construção no estado pelo Minha Casa Minha Vida faixa 1, voltada para quem tem renda familiar de até R$ 2,6 mil. Nesta faixa, as prestações ficam entre R$ 80 e R$ 230, com prazo de pagamento de 10 anos.

“Os projetos nessa faixa são praticamente todos subsidiados, porque alcançam pessoas de baixa renda”, disse Tonon, ao falar da importância da gestão do governador junto a instituições como a Amazonas Energia e Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), que contribuíram com a agilização dos empreendimentos no interior.

Publicidade
Publicidade