Publicidade
Cotidiano
DINHEIRO PÚBLICO

Mais de 40 gestores do AM ainda não prestaram contas ao TCE; prazo termina hoje

Prazo para envio encerraria no último dia 31 de março e foi prorrogado até às 23h59 desta segunda-feira (2). De 351, 307 órgãos já prestaram contas eletronicamente 02/04/2018 às 15:38
Show jjj
Foto: Divulgação
acritica.com Manaus (AM)

Um total de 44 gestores públicos do Amazonas deixou para última hora para enviar, ao Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM), por meio do sistema E-Contas, a prestação de contas referente ao ano de 2017. O número representa 13% do total de 351 órgãos públicos que são obrigados a informar a sociedade como gastaram o dinheiro público.

O prazo para o envio, pela internet, encerraria no último dia 31 de março, mas foi prorrogado pela presidente do TCE-AM, Yara Lins dos Santos, até as 23h59 desta segunda-feira (2), em virtude do feriado da Sexta-Feira Santa.

Do total de 351, 307 órgãos já prestaram contas eletronicamente por meio do sistema e-Contas do TCE-AM, entregando a documentação (balanços orçamentário, financeiro e patrimonial, os balancetes mensais, entre outros), que informa como usaram a verba pública.

Entre os pendentes até as 14h desta segunda estão 19 órgãos do Governo do Estado, nove órgãos da administração direta e indireta dos municípios do interior, um órgão da Prefeitura de Manaus, seis Câmaras Municipais e 11 Prefeituras. A partir de meia-noite, quem não entregar a prestação de contas poderá ser multado pelo atraso.

Acompanhamento on-line

Pela primeira vez, o TCE-AM disponibilizou à sociedade um link para o acompanhamento em tempo real do envio das prestações de contas ao Tribunal de Contas. Segundo a conselheira-presidente do TCE, Yara Lins dos Santos, essa foi a forma que sua administração encontrou para deixar o processo o mais transparente possível para a população. O sistema de consulta foi disponibilizado pela Diretoria de Tecnologia da Informação (Ditin).

Para acompanhar a status de cada órgão, basta acessar o endereço eletrônico.

Publicidade
Publicidade