Publicidade
Cotidiano
Notícias

Mais de 500 mil alunos voltaram às aulas no Amazonas nesta segunda-feira (15)

O ano letivo de 2016 foi aberto oficialmente, ontem, pelo governador José Melo com a reinauguração da Escola Estadual de Tempo Integral Bilíngue Professor Djalma da Cunha Batista, no Coroado, Zona Leste 15/02/2016 às 21:24
Show 1
José Melo e secretário durante a abertura
Hellen Miranda Manaus (AM)

A reinauguração da Escola Estadual de Tempo Integral Bilíngue Professor Djalma da Cunha Batista, ontem, pelo governador do Estado do Amazonas, José Melo, abriu oficialmente o ano letivo da rede pública estadual de ensino em 2016. Mais de 515 mil estudantes distribuídos nos 62 municípios do Amazonas retomaram as atividades escolares.

De acordo com o secretário de Estado de Educação, Rossieli Soares da Silva, o projeto inovador pretende marcar a educação e o desenvolvimento de centenas de crianças e jovens amazonenses. “Vai funcionar com o projeto de educação em tempo integral, no qual o estudante terá acesso a conteúdos reforçados, desporto, iniciação científica, além de alimentação, a escola marcará o início de um novo ciclo na educação em nosso Estado, oferecendo ensino bilíngue de qualidade”, disse o secretário, por meio de assessoria de imprensa.

A escola possui capacidade para atender mil estudantes, oferecendo a modalidade de tempo integral em ensino fundamental do 6º ao 9º ano contando com 50 professores e dez servidores administrativos.

O projeto conta com parceria institucional do Consulado Geral do Japão em Manaus, da Associação Nipo-Brasileira da Amazônia Ocidental (Nipaku) e Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

Calendário letivo 2016

Para as escolas da capital, o primeiro bimestre letivo que começou ontem, será concluído em 26 de abril e o segundo bimestre iniciará no dia 28 de abril e seguirá até 14 de julho.  O terceiro deve iniciar dia 18 de julho e vai até 29 de setembro e o quarto de 3 de outubro a 19 de dezembro.

No interior do Estado, o primeiro bimestre compreenderá os dias 15 de fevereiro até 27 de abril e o segundo começa em 28 de abril e segue a 14 de julho. O terceiro de 15 de julho a 29 de setembro e o quarto de 30 de setembro a 16 de dezembro. Para os alunos se programarem, as férias escolares do meio do ano, tanto na capital quanto no interior, serão entre os dias 25 de junho e 3 de julho.

Devido os jogos olímpicos em 2016, quando Manaus será uma das sedes do evento, foram estipulados como datas de recesso os dias 4 e 9 de agosto.

De acordo com o calendário nas escolas do Estado deste ano, as aulas  devem se estender até o dia 19 de dezembro em escolas estaduais da capital e 16 de dezembro para escolas estaduais do interior.  A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) conta com 583 escolas públicas estaduais, sendo 225 localizadas em Manaus e 358 no interior do Amazonas. Para atender a demanda, a secretaria convocou  neste início de ano, aproximadamente 4.355 professores aprovados em concurso para posse do cargo.

Conforme rege a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB), o calendário letivo 2016 contempla 200 dias letivos ou 800 horas de aulas para os alunos da rede estadual de todo o Estado. 

Publicidade
Publicidade