Segunda-feira, 14 de Outubro de 2019
Notícias

Mais de 51,5 mil meninas já receberam a segunda dose da vacina contra o HPV no AM

No último balanço divulgado pela Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), 34 dos 62 municípios amazonenses já estavam com mais 80% de cobertura vacinal em relação ao número total de meninas que receberam a primeira dose da vacina



1.jpg O Amazonas foi o primeiro estado brasileiro a disponibilizar, na rede pública de saúde, a vacina contra o HPV
27/11/2013 às 17:22

Mais de 51,5 mil meninas na faixa etária entre 11 e 13 anos já receberam a segunda dose da imunização contra o HPV, na segunda etapa da Campanha de Vacinação que o Governo do Estado está realizando nos 61 municípios do Amazonas e, no caso da capital, em parceria com a Prefeitura de Manaus. De acordo com o secretário estadual de saúde, Wilson Alecrim, a meta é levar a segunda dose da vacina a 103.436 adolescentes, que receberam a primeira dose de imunização entre agosto e setembro deste ano.

Alecrim frisa que, em fevereiro do próximo ano, a Secretaria de Estado da Saúde (Susam) estará realizando a terceira e última etapa da campanha. “Com a terceira dose estaremos completando o esquema vacinal das meninas imunizadas na primeira etapa”, explicou o secretário.  

O Amazonas foi o primeiro estado brasileiro a disponibilizar, na rede pública de saúde, a vacina contra o HPV, vírus que está associado a mais de 70% dos casos de câncer do colo do útero. O governador Omar Aziz decidiu implantar o Programa de Imunização contra o HPV como parte das ações para o enfrentamento da doença, que ainda tem grande incidência no Estado. 

Na capital e no interior do Estado, a campanha de vacinação está ocorrendo prioritariamente nas escolas, com o suporte de unidades de referência da Atenção Básica, definidas pelas prefeituras, para atender aquelas meninas que, eventualmente, não estejam matriculadas. “Na primeira etapa da campanha foi necessário a autorização por escrito dos pais. Nesta segunda fase, que abrange apenas as meninas que receberam a primeira dose da imunização, basta que a estudante apresente o cartão de vacina”, explica Bernardino Albuquerque, diretor-presidente da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), órgão vinculado à Susam, que está coordenando a campanha em todo o Estado.

No último balanço divulgado pela FVS, 34 dos 62 municípios amazonenses já estavam com mais 80% de cobertura vacinal em relação ao número total de meninas que receberam a primeira dose da vacina. Em sete deles, a cobertura já havia atingido 100%. “A determinação é de que todas as secretarias municipais trabalhem para levar a segunda dose a rigorosamente todas as meninas vacinadas na primeira etapa da campanha”, destacou Bernardino.

*Com informações da assessoria de imprensa


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.