Publicidade
Cotidiano
Notícias

Mais de 60% dos consumidores acreditam que a economia no AM estará pior nos próximos meses

A pesquisa desenvolvida pela Fecomércio é importante para as empresas do comércio varejista, pois servem como balizador para tomada de decisões de investimentos e planejamento de compras 11/11/2015 às 14:35
Show 1
Ao todo, 83% dos entrevistados acreditam que os preços dos produtos para o próximo mês estarão mais altos quando comparados com o mês atual
Acritica.com Manaus (AM)

O Instituto da Federação do Comércio (Fecomércio-AM) de Pesquisas Empresariais do Amazonas (IFPEAM) realizou no mês de outubro deste ano a pesquisa de Intenção de Compra e Confiança do Consumidor para o mês de novembro na cidade de Manaus, que tem por objetivo identificar o sentimento dos consumidores, levando em consideração suas condições econômicas atuais e suas expectativas quanto à situação futura da economia local.

As informações obtidas são importantes para as empresas do comércio varejista, pois servem como balizador para tomada de decisões de investimentos e planejamento de compras.

Os dados resultantes do estudo com os consumidores são: 63,2% acredita que a economia amazonense para os próximos seis meses estará um pouco ou muito pior que a atual; 45% acha que a situação financeira familiar atual está pior, quando comparada há seis meses; 74,5% afirmaram que as chances de arranjar um novo emprego estão mais difíceis, quando comparadas ao mesmo período do ano passado; 83% acredita que os preços dos produtos para o próximo mês estarão mais altos quando comparados com o mês atual; e boa parte não decidiu o que comprar para o período natalino.

A pesquisa foi realizada por zonas e seus respectivos bairros em Manaus junto a 400 consumidores. A amostra foi aleatória, o que permite que todos os consumidores tenham a mesma probabilidade, diferente de zero de participar da amostra. Além dessa pesquisa, o portal da Fecomércio conta com os relatórios das pesquisas de Comportamento do Turista na Cidade de Manaus e a Pesquisa Conjuntural do Comércio Varejista de Manaus.

Publicidade
Publicidade