Quinta-feira, 20 de Fevereiro de 2020
CAVARAM TÚNEL

Mais de 70 integrantes do PCC fogem de prisão no Paraguai

Depois de cavar um túnel em uma operação que seria tido funcionários da instituição como cúmplices, o governo do Paraguai informou que os presos teriam seguido para o Brasil



Policia-federal-MG_E8C1CDEA-47D2-47A4-B543-EED3254EB1C5.jpg Foto: David Mercado / Reuters
19/01/2020 às 19:01

Cerca de 75 presos escaparam de uma prisão na cidade paraguaia Pedro Juan Caballero, na fronteira com o Brasil neste domingo (19), depois de cavar um túnel em uma operação que seria tido funcionários da instituição como cúmplices, informou o governo.

A ministra da Justiça, Cecilia Pérez, disse a repórteres que a diretora da Penitenciária Regional de Pedro Juan Caballero foi demitida junto com outros seis funcionários após a fuga que envolveu membros do grupo criminoso brasileiro Primeiro Comando da Capital (PCC).



“É um trabalho que levou dias e é impossível que as autoridades não percebessem que estava para acontecer... obviamente esse era um plano adquirido”, disse Pérez à estação de rádio Monumental.

O Governo denunciou o fato à Polícia Federal do Brasil, embora a Procuradoria Geral da República acredite que os fugitivos ainda estejam em território paraguaio. O ministro do Interior, Euclides Acevedo, disse à imprensa local que o túnel pode ter sido um recurso para “legitimar a libertação” de prisioneiros.

“Podemos dizer que eles ainda estão em nosso território. Nessa área, existem muitas áreas arborizadas e eles conhecem o território... são pessoas altamente perigosas”, disse a procuradora-geral do Estado, Sandra Quiñónez.

A área é considerada um trânsito para o narcotráfico e um local de operações para grupos como o PCC e o Comando Vermelho, as facções criminosas mais poderosas do Brasil.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.