Publicidade
Cotidiano
ENERGIA

Manacapuru e Iranduba voltam a ficar sem energia após curto-circuito em cabo

Vândalos tentaram roubar o cabo na semana passada. A estimativa da Eletrobras Amazonas Energia é que o problema seja resolvido até amanhã, quarta-feira (20) 19/02/2019 às 08:58 - Atualizado em 19/02/2019 às 09:06
Show cabo agora bc1cdcda 5748 4d46 8958 bc75b6215f72
(Foto: Arquivo AC)
acritica.com Manaus (AM)

Um curto-circuito em um cabo subaquático de 69 kv fez com que os municípios de Manacapuru e Iranduba voltassem a ficar sem energia elétrica nessa segunda-feira (18). Na última quinta (14), vândalos tentaram furtar o referido cabo, no qual passou por manutenção e foi recuperado de forma provisória. A estimativa da Eletrobras Amazonas Energia é que o problema seja resolvido até amanhã (20)

Ainda conforme a Eletrobras, após o ocorrido, equipes foram imediatamente a subestação Iranduba na tentativa de solucionar a interrupção de energia no tempo breve possível. O órgão informou que a solução emergencial foi colocar em funcionamento em ilha a usina termelétrica de Iranduba, a qual está fornecendo energia prioritariamente a órgãos que prestam serviços essenciais a população, como hospitais, delegacias e escolas.

A Eletrobras destacou que a solução que trará confiabilidade no sistema levará em torno de 25 dias para ser finalizada, já que são 4.400 metros de cabos subaquáticos para cada uma das três frases que envolve o cabo, em 69.000 volts. O órgão também explicou que os danos provocados pela tentativa de roubo do cabo, trouxeram problemas não solucionáveis no curto prazo de tempo, devido à complexidade e a tecnologia embarcada nestes materiais que são fabricados e encomendados de fora do país.

A concessionária pediu a compreensão dos clientes e informou que está trabalhando para a solução definitiva dos problemas causados por esta ação inescrupulosa de vândalos na rede que atende estes municípios.

Publicidade
Publicidade