Quinta-feira, 05 de Dezembro de 2019
Notícias

Manifestantes protestam contra homenagem ao deputado Jair Bolsonaro, em frente à ALE-AM

Os portões do complexo da Assembleia Legislativas foram fechados pela segurança local, mas o protesto segue do lado de fora



1.jpg Manifestantes se concentram na frente da ALE-AM
10/12/2015 às 20:58

CONFIRA O VÍDEO

Mais de 100 pessoas ligadas a movimentos sociais e estudantis se reúnem em frente à Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM), na Zona Centro-Sul, em protesto contra a entrega da comenda do "Mérito Legisltivo" ao deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ). Os manifestantes reclamam por terem sidos impedidos de entrar no complexo da ALE-AM pela segurança local. Um outro grupo, pró-Bolsonaro, também protesta nas redondezas. Eles não quiseram dar entrevista.



"Sou contra [a homenagem] porque ele [Bolsonaro] não  é do amazonas e não conhece os nossos problemas. É um machista, fascista, homofóbico e contra os direitos da mulher. Ele realmente não merece a homenagem", disse Silvana Colares, 45, uma das fundadoras do Centro de Referência da Mulher no Amazonas.

Para Lorrine Almeida, 24, do Movimento de Mulheres Olga Benário,  a homenagem "não condiz com o histórico d e lutas povo do Amazonas". "Você  homenageia um cara que é um retrocesso na luta democrática e na história do País. Isso é uma afronta à busca pela igualdade social e pela emancipação da mulher", completou.  

BEIJO GAY DURANTE O PROTESTO (VÍDEO)

Alichelle  Ventura, 30, professora Ufam, disse que discorda politicamente de Bolsonaro em muitas questões, mas que o deputado extrapola o limite da democracia ao pregar contra os direitos humanos. "No dia em que se comemoram os direitos humano, em que se comemora a saída do período de Hitler, do Nazismo, onde várias pessoas foram submetidas à crueldade, o Amazonas homenageia um senhor que faz uma política de incentivo ao extermínio. Ela faz isso quando diferencia homens de mulheres, negros, homossexuais, indígenas. Direitos humanos não são para um grupo, mas para todos. Isso o Bolsonaro não quer", disse.

"Sou contra essa homenagem. É uma posição que incita o ódio, a discriminação e a homofobia. Por causa disso fui bastante xingado nas mídias sociais pelos partidários dele. Ele é contrário aos direitos humanos e é alguém que se aproxima de ideias nazistas. Eu achei um absurdo a mesa diretora da Assembleia aceitar essa indicação do deputado Platiny. Isso coloca em cheque outras indicações de parlamentares que são defensores  dos direitos das pessoas, da liberdade e da democracia. Esse senhor (Bolsonaro)prega o golpe e defende a volta da Ditadura Militar. Portanto, como o poder legislativo defende o rompimento da própria Constituição? Fiz meu protesto por escrito, registrei, mas os demais parlamentares não se sensibilizaram", disse o deputado José Ricardo (PT).

Sobre a recepção de amazonenses a Bolsonaro no aeroporto, José Ricardo disse que a existência de pessoas que compartilham das ideias mais absurdas possíveis do parlamentar permite que ele exista politicamente. "Porque há pessoas que votam nele e com esse tipo de pensamento extremamente atrasado, não estando em sintonia com os avanços que temos no Brasil, na questão da própria democracia. Temos que tirar da nossa história o machismo, a intolerância em todas suas formas e, principalmente, combater a violência contra as mulheres porque esse deputado de forma reiterada agride as mulheres e a dignidade da pessoa humana", disse.

Em seu discurso, presidente da ALE-AM, Josué Neto, disse que todos os homenageados merecem o recebimento da medalha. "Todos os indicados a receber a homenagem, que é a mais importante dessa Casa, possuem méritos por terem contribuído para o engrandecimento da sociedade", disse.

MANIFESTANTES COBRAM PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA (VÍDEO)

Atualização

Manifestantes chegaram a bloquear do tráfego na avenida Mário Ypiranga, sentido bairro. Na saída dos carros, os manifestantes discutiram com os seguranças. Um dos jovens que protestava relatou agressão policial - assista ao vídeo.

As homenagens da Comenda do Ordem ao Mérito Legislativo foram divididas em três blocos de homenageados. Em cada bloco foi chamado o nome do homenageado e a indicação, feita por cada vereador.

Bolsonaro recebeu a medalha no terceiro bloco do deputado Platiny Soares. Ao final dos trabalhos, o conselheiro do Tribunal de Conta dos Estados, Mário Mello, convidado para ser o orador, discursou e encerrou a solenidade.

*Colaborou: Oswaldo Neto


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.