Sexta-feira, 23 de Agosto de 2019
Notícias

Marina Silva consegue cerca de cinco mil assinaturas para a criação da Rede

As informações foram fornecidas por uma das coordenadora do grupo no Amazonas, a ex-secretaria municipal do Meio Ambiente Luciana Valente



1.png Ex-senadora Marina Silva esteve em Manaus no lançamento da campanha
05/05/2013 às 17:14

A Rede de Sustentabilidade já recolheu no Amazonas cerca de 5 mil assinaturas favoráveis à criação do partido que tenta registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). As informações foram fornecidas por uma das coordenadora do grupo no Amazonas, a ex-secretaria municipal do Meio Ambiente Luciana Valente.

De acordo com Luciana, a ideia é encaminhar para homologação das assinaturas no Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) lotes com cem assinaturas cada. Luciana disse que, na semana passada, o primeiro lote foi encaminhado. E na terça-feira outros três lotes foram encaminhados à sede do Tribunal Regional Eleitoral.

Luciana Valente afirmou que os trabalhos no Amazonas estão dentro da média nacional e da expectativa, sobretudo considerando que a obrigação de assinaturas a serem recolhidas no Estado era de menos de duas mil. Ela afirmou que na primeira contagem nacional, realizada há um mês, o Amazonas ficou em 11º em recolhimento de assinaturas. Na ocasião, o grupo totalizava 4 mil assinaturas.

“O município de Envira é o que teve a melhor participação. Recebemos 300 assinaturas do município”, disse Luciana Valente.

Balanço nacional tem 263 mil nomes

Em todo o País, a Rede Sustentabilidade, partido político que a ex-senadora Marina Silva pretende fundar, conseguiu dobrar o número de assinaturas coletadas. Entre 9 de abril e 2 de maio, a sigla coletou 135 mil nomes e agora contabiliza um total de 263.515 assinaturas. A informação é da Agência Estado (AE.)

Os números fazem parte do segundo balanço nacional, divulgado na sexta-feira. Segundo a assessoria do futuro partido, os Estados com maior expansão de assinaturas no período foram São Paulo, com 64.608 assinaturas; Rio de Janeiro, com 27.704; e Rio Grande do Sul, com 26.035 apoiadores.

Para este mês, a Rede Sustentabilidade promete intensificar suas ações em universidades e outros pontos considerados estratégicos. Nas redes sociais, foi iniciada esta semana a campanha “Democratizar a Democracia”. Para que o partido obtenha registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e consiga disputar as eleições de 2014 é preciso recolher 500 mil assinaturas em pelo menos nove Estados da Federação. Todo o processo tem de ser finalizado junto ao TSE até um ano antes da eleição, ou seja, em outubro próximo.

 

 

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.