Publicidade
Cotidiano
Notícias

Marinha reinicia buscas por três desaparecidos em explosão de balsa no AM

Três pessoas morreram em explosão na última sexta-feira (7). Capitania Fluvial da Amazônia Ocidental deve abrir inquérito para apurar causas do acidente 10/11/2014 às 16:39
Show 1
Acidente ocorreu próximo ao município de Jutaí, no interior do Amazonas
ACRITICA.COM Manaus (AM)

A Marinha do Brasil informou nesta segunda-feira (10) que reiniciou as buscas de três desaparecidos durante a explosão de um comboio envolvendo duas balsas e um empurrador na sexta-feira (7) passada. O caso ocorreu no Rio Solimões, nas proximidades do município de Jutaí (a 1.001 quilômetros de Manaus), e deixou três mortos.

Conforme comunicado divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde (Susam), os tripulantes Paulo Roger de Oliveira Braga, de 49 anos; Walclides Lopes de Souza, de 64; e Sebastião Ferreira da Silva, 42; não resistiram aos gravíssimos ferimentos e morreram no sábado (8). Na ocasião, as vítimas ficaram com 95% do corpo queimado.

Segundo a Marinha, no sábado pela manhã (8), um helicóptero localizou a balsa que está situada há 36 quilômetros , a jusante (abaixo) de Jutaí. A aeronave realizou busca aos desaparecidos no sábado.

No domingo (9), as lanchas “Rio Urucu” e “Guerreira XVII”, ambas da Agência Fluvial de Tefé (AgTefé) foram enviadas para aumentar a intensidade das buscas. O navio-patrulha fluvial “Amapá” e uma lancha Patrulha de Rio (LPR), que se encontravam em missão em Coari, foram acionados e devem chegar ao local nesta terça-feira (11). “Hoje, dia 10, as lanchas AgTefé reiniciaram as buscas. Será mantida uma aeronave em Tefé ou Fonte Boa para eventuais necessidades”, informou.

Até o momento, nenhum dos três desaparecidos ainda foi encontrado. A Capitania Fluvial da Amazônia Ocidental abriu Inquérito Administrativo sobre Fatos da Navageação (IAFN), para apurar as causas e responsabilidades pelo acidente.

Publicidade
Publicidade