Quinta-feira, 21 de Novembro de 2019
Notícias

Matrículas feitas pela internet deram salto gigantesco comparado a 2015

Do dia 11 a 27 de janeiro, foram realizadas 176.477 requisições de matrículas, sendo, destas, 103.852 feitas totalmente online



1.jpg O resultado deve-se à parceria entre as secretarias de Estado e do Município de Educação com a Empresa de Processamento de Dados Amazonas S.A (Prodam)
06/02/2016 às 10:37

O total de matrículas feitas via Internet para a rede pública de ensino, estadual e municipal,  registra um aumento de mais de 819,61% em 2016 em comparação a 2015. Foram realizadas 176.477 requisições de matrículas do dia 11 a 27 de janeiro, sendo, destas, 103.852 feitas totalmente online. No ano passado, das 157.793 solicitações, apenas 11.293 foram feitas via internet.

O resultado deve-se à parceria entre as secretarias de Estado e do Município de Educação com a Empresa de Processamento de Dados Amazonas S.A (Prodam), a partir do uso de um sistema que possibilita a efetivação de todas as matrículas online, pelo site www.matriculas.am.gov.br.



O resultado dessa parceria foi percebido com o término das enormes filas que se formavam nos anos anteriores nas escolas, em um processo que levava centenas de pais e responsáveis pelos alunos a amargarem horas de espera, madrugada adentro, para conseguirem um atendimento e uma vaga.

Do total de matrículas realizadas este ano, ao todo 98.454 foram para a rede estadual de ensino, sendo, mais de 57.500 delas, realizadas via internet, representando 1.014,44% a mais que no ano passado. A rede municipal também registrou aumento significativo, cerca de 655,70% matrículas a mais que em 2015.



Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.