Domingo, 19 de Maio de 2019
Notícias

Melhorias no setor da Educação em 32 municípios do Amazonas

Com investimentos de R$ 425 milhões, o Estado contabiliza 121 obras que trarão melhorias na infraestrutura educacional



1.jpg
Segundo o governador José Melo (de verde), a meta é que, até o final do ano, 12 escolas de tempo integral sejam inauguradas
11/07/2015 às 09:18

O governador do Amazonas, José Melo, vistoriou na última sexta-feira, 10, obras em andamento na área de educação em Manaus. Com investimentos da ordem de R$ 425 milhões este ano no setor, o Governo do Estado contabiliza 121 obras que trarão melhorias na infraestrutura educacional na capital e em 30 municípios do interior. As ações envolvem reformas, ampliações e construção de novas escolas, como as escolas de tempo integral.

Acompanhado de uma comitiva de deputados estaduais, o governador vistoriou quatro obras de ampliação e construção de escolas na capital. A visita começou pela obra de ampliação da Escola Estadual Eliana Pacheco Braga, localizada no Residencial Viver Melhor, no bairro Santa Etelvina, Zona Norte. Em seguida, José Melo acompanhou o andamento da construção do Centro de Educação de Tempo Integral (Ceti) do Viver Melhor, que está em fase de finalizações. O governador esteve, ainda, acompanhando os trabalhos de construção do Ceti do conjunto Lago Azul, também no Santa Etelvina, e a reforma da Escola Estadual Djalma Batista, localizada no bairro Japiim, Zona Sul, para funcionar na modalidade de tempo integral.

De acordo com o governador, os novos investimentos na educação vão melhorar a infraestrutura e contribuir com avanços na qualidade de ensino. Até o final do ano, a meta é que 12 escolas de tempo integral sejam inauguradas para entrar em funcionamento para o ano letivo de 2016. “Até dezembro vamos inaugurar mais 12 Cetis, sendo dez no interior e dois em Manaus. E até o final do governo nossa meta é fazer 40 Cetis e adaptar 20 escolas para funcionar em tempo integral”, anunciou.

Em desenvolvimento 

Somente no primeiro semestre de 2015, 19 obras educacionais já foram executadas e entregues às comunidades, totalizando R$ 25,6 milhões. “Desta forma, o Governo consegue dar a ambiência na área física para desenvolver melhor as aptidões e alcançar o que é o objetivo de todos nós: a qualidade de ensino. Essas obras são fundamentais também porque geram emprego e renda e movimentam a economia”, frisou o governador.

Entre as obras na área de educação em andamento, o Governo do Amazonas está executando 91 em Manaus e mais 30 municípios, totalizando R$ 314,4 milhões. As obras incluem 12 novos Cetis, sendo dois em Manaus e 10 no interior. Quatro escolas estão passando por reforma total e ampliação, cujas estruturas estão ganhando piscina semi-olímpica, auditório e quadra poliesportiva, sendo adaptadas para o modelo de escola de tempo integral, como é o caso das escolas de tempo integral Djalma Batista, no Japiim, e Petrônio Portela, no Dom Pedro 2, Zona Centro-Oeste.

Além das melhorias na infraestrutura, José Melo destacou a criação de novos programas na área de educação. Entre eles, está o “Todos Pela Vida-Educação”.

Capital e interior 

No segundo semestre de 2015, a previsão é que 11 novas obras entrem em execução, somando R$ 85 milhões. Entre elas estão cinco novos Cetis e a reforma das escolas estaduais Maria Rodrigues Tapajós e Santo Antônio, em Manaus, além de uma nova escola padrão 12 salas de aula no município de Maraã (distante a 634 quilômetros de Manaus).


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.