Publicidade
Cotidiano
Notícias

Mercado Adolpho Lisboa recebe exposição e atividades em alusão ao Dia Mundial da Água

Projeto Arte e Movimento, promovido pela Associação de Cultura do Estado do Amazonas (Aceam), levou artistas para expor fotografias e quadros na área externa do Mercadão neste domingo (22) 22/03/2015 às 11:57
Show 1
Uma exposição de fotos e quadros foi organizada para comemorar a data em frente ao Mercado
Juliana Geraldo Manaus (AM)

A água é a essência da vida. Foi com esta mensagem que o grupo Arte e Movimento da Associação de Cultura do Estado do Amazonas (Aceam) reuniu na manhã deste domingo, na área externa do Mercado Adolpho Lisboa, Zona Sul de Manaus, fotografias e quadros de artistas amazonenses em comemoração ao Dia Mundial da Água.

Além da exposição, a programação também teve a participação de outros artistas que declamaram poesias e falaram sobre a importância da data.

“A ideia principal é integrar as diversas manifestações artísticas para frisar a importância desse recurso essencial para a vida. Queremos enfatizar com as obras e apresentações que é primoridial preservar. Por isso, quadros, fotografias e poesias tem hoje a água como tema”, explicou a presidente da Aceam, Rosa dos Anjos.

A empresária Siglia Navarro,40, que mora em Recife, aprovou a iniciativa. “É interessante visitar o mercado e se deparar com a iniciativa. Além de tudo é necessário  reforçar a importância da data. Atitudes como essa são essenciais”,  comentou.

Conscientização

Entre as atividades, um dos destaques foi a distribuição de sacolas plásticas de lixo feitas com material reciclado. O proprietário da Plasticplus, que produz as sacolas, João Barbato, conta que considerou a ocasião ideal para distribuir o produto e conscientizar a população. 

“É importante aproveitar datas como esta para falar de preservação e a coleta do lixo é essencial para manter a saúde das águas”, disse.

O empresário explicou ainda que todas as sacolas são produzidas com material recuperado e que além das sacolas comuns apostou nas cores para incentivar a coleta seletiva.

“Para cada tipo de dejeto – vidro,plástico, lixo orgânico – uma cor. O objetivo é ser didático para facilitar a vida de quem quer colaborar com a manutenção das nossas águas", complementou.

Publicidade
Publicidade