Sexta-feira, 23 de Abril de 2021
Notícias

Mercado financeiro eleva projeção da inflação de 2013 para 5,71%

A projeção para este ano está cada vez mais distante do centro da meta de inflação, de 4,5%. É função do Banco Central fazer com que a inflação convirja para o centro da meta



1.gif A estimativa para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo passou de 5,68% para 5,71%
13/02/2013 às 11:53

Analistas do mercado financeiro consultados pelo Banco Central (BC) elevaram pela sexta semana seguida a projeção para a inflação de 2013. A estimativa para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), desta vez, passou de 5,68% para 5,71%. Para 2014, permanece a projeção de 5,5%, há 13 semanas.

A projeção para este ano está cada vez mais distante do centro da meta de inflação, de 4,5%. O Banco Central trabalha ainda com a margem de 2 pontos percentuais para mais ou para menos. É função do BC fazer com que a inflação convirja para o centro da meta.



Um dos instrumentos usados pelo BC para influenciar a atividade econômica e calibrar a inflação é a taxa básica de juros, a Selic. Para as instituições financeiras, em 2013, essa taxa deve permanecer em 7,25% ao ano. Para 2014, a expectativa é que o BC eleve a taxa, que deve encerrar o período em 8,25% ao ano.

A pesquisa do BC aos analistas também traz estimativa para a inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (IPC-Fipe), que foi ajustada de 5,07% para 5,34%, neste ano, e de 4,95% para 5%, em 2014.

A projeção para o Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) foi alterada de 5,16% para 5,17%, este ano, e mantida em 5%, no próximo ano. Para o Índice Geral de Preços de Mercado (IGP-M), houve alteração de 5,09% para 5,21%, em 2013, e de 5,19% para 5,20%, em 2014.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.