Publicidade
Cotidiano
Notícias

Mestre em educação ensina que tempos de crise pedem momentos de impor limites

Para a professora da UFRJ e especialista na relação entre pais e filhos no Brasil, tanto os parentes quanto os professores necessitam exercer autoridade sobre crianças 18/09/2015 às 14:05
Show 1
Tânia Zagury aproveitou vinda a Manaus para lançar um livro em que discute as novas relações entre pais e filhos
Augusto Costa Manaus (AM)

ASSISTA AO VÍDEO

Pioneira na discussão do papel dos limites na educação dos adolescentes e na relação entre pais e filhos no Brasil, a professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), mestre em educação e escritora Tânia Zagury, esteve em Manaus, a convite das escolas IDAAM,  para ministrar a palestra “Como construir limites na educação de crianças e adolescentes em tempos de crise”.

Com 25 livros publicados e 46 anos atuando na área educacional, o público alvo da palestra foram os alunos, pais e professores do IDAAM. Mais de 500 pessoas participaram do evento, que foi realizado nos dias 16 e 17, a partir das 18h30, no Teatro Manauara.

De acordo com Tânia Zagury essa é a quinta vez que ela vem ao Amazonas  e desta vez, além da palestra “Como construir limites na educação de crianças e adolescentes em tempos de crise”, ela aproveitou a oportunidade para realizar o lançamento do seu 25º livro denominado “Filhos adultos mimados, Pais negligenciados”, que aborda os conflitos e o relacionamento entre pais e filhos na atualidade em nosso País. 

Ela disse que vem atuando especificamente voltada para dois públicos: pais e professores. Na avaliação de Tânia Zagury, as duas grandes agências da educação continuam sendo a família e a escola.  A professora disse que começou a perceber a crise entre pais e filhos e que os pais estavam perdidos em termos de educação quando era professora da UFRJ e mãe de duas crianças pequenas. 

“A minha geração não queria repetir o modelo de educação que vinham sendo dado até então. Os pais sempre educaram de acordo com o que viam seus pais fazerem. Quando chegou a minha vez, nos anos 70, quisemos romper com o modelo tradicional de educação para que os filhos crescessem com mais liberdade e falassem o que pensavam e o que queriam que era algo quase impossível anteriormente”, explicou Zagury.

Segundo ela, na geração dos seus pais a educação era assim: se o pai era comerciante, o filho tinha que seguir a mesma profissão. “A minha geração rompeu com esse modelo, mas sem imaginar que seria tão difícil, como toda inovação. Na verdade o que aconteceu foi uma crise de autoridade na família que eu percebi e denunciei no livro “Padecer no Paraíso”, que foi o meu primeiro livro voltado para os pais”, destacou a professora.

A diretora de supervisão pedagógica das escolas IDAAM, Luciana Barbosa, explicou que foram realizadas duas palestras nos dias 16 e 17, sobre o tema: “Como construir limites na educação de crianças e adolescentes em tempos de crise”, de acordo com a faixa etária dos alunos.

Entender as diferenças é essencial

Sobre a palestra “Como construir limites na educação de crianças e adolescentes em tempos de crise”, Tânia Zagury disse que vai ajudar muito  as crianças, adolescentes, pais e professores a entender melhor as diferenças e melhorar relacionamentos.

“É muito importante o IDAAM ter voltado essa palestra para os professores também porque nesse trabalho eu me dirijo aos pais. Ainda temos que falar sobre a crise ética na sociedade. O problema não é somente uma crise econômica, mas o grande preponderante é a crise de valores é mundial. No Brasil temos a corrupção, a valorização do dinheiro e a impunidade. O pai educa mais pelo exemplo. Mas, o deputado, o governador, o senador são os pais sociais porque foram eleitos para nos representar. Quem está educando tem que acreditar que não são todos os brasileiros que são desonestos”, avaliou Zagury. 

Ela disse que na palestra também foi discutido qual é o papel do professor na escola moderna porque agora temos um novo perfil de aluno que vem com outra história de vida.  

Durante este fim de semana, a partir desta sexta-feira (18), o Portal A Crítica publica vídeos feitos com Tânia Zagury, onde ela fala sobre diversos temas envolvendo a educação dos pequenos. Acompanhe!

Publicidade
Publicidade