Quinta-feira, 02 de Julho de 2020
CRÍTICA

Milton Hatoum, Sting e Caetano assinam carta contra Bolsonaro em jornal inglês

Britânico 'The Guardian' publicou artigo assinado por 2.700 intelectuais e artistas contrários aos posicionamentos do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), na noite de sexta (7)



154420_319496928118512_1016030937_n_4A10978C-D0B8-4F80-B95D-ED517C17B8D1.jpg Foto: Divulgação/Facebook
09/02/2020 às 14:54

O escritor amazonense Milton Hatoun compõe a lista de 2.700 artistas e intelectuais que assinaram em conjunto uma carta com críticas ao governo Bolsonaro, chamado de "ameaça para as instituições democráticas do Brasil". O conteúdo foi publicado na íntegra pelo jornal britânico The Guardian na noite de sexta (7).

A lista de insatisfeitos com os rumos da atuação de Jair Bolsonaro (sem partido) a frente da presidência incluiu os cantores Sting, Caetano Veloso, Chico Buarque, além do escritor Paulo Coelho. A diretora de cinema indicada ao Oscar com "Democracia em Vertigem", Petra Costa, e o fotógrafo Sebastião Salgado também assinam o manifesto, de acordo com o Guardian.



"As instituições democráticas do Brasil estão sob ataque. Desde que assumiu o cargo, o governo Jair Bolsonaro, ajudado por seus aliados da extrema-direita, tem sistematicamente minado instituições culturais, científicas e educacionais no país, bem como a imprensa", alega a carta. 

Desde que assumiu o governo em janeiro de 2019, Bolsonaro tem sofrido uma enxurrada de críticas acerca dos posicionamentos e decisões mantidas por ele. 

O primeiro presidente declaradamente conservador é visto pelos signatários como uma "ameaça para a liberdade de expressão". O grupo também pede apoio da comunidade internacional para “condenar as tentativas do governo Bolsonaro de pressionar organizações artísticas e culturais, e pressionar o Brasil a respeitar completamente a declaração universal dos direitos humanos e, assim, respeitar liberdade de expressão, pensamento e religião”.

Sobre Hatoun

O escritor premiado em 1990 com o 'Jabuti', um dos mais importantes da literatura brasileira, é autor de 4 romances. Seus livros já venderam mais de 200 mil exemplares no Brasil e foram traduduzidos em outo países, como Itália, os Estados Unidos, a França e a Espanha. Hatou estudou na Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e foi professor da Universidade da Califórnia, em Berkeley (EUA).

Repórter

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.