Sábado, 25 de Maio de 2019
RASTREAMENTO

Ministério da Justiça quer que tecnologia seja usada para detectar motorista drogado

A portaria permite que seja instituído um grupo de trabalho para estudar a viabilidade de utilizar tecnologias de screening (rastreamento)



motorista_dois_7E5DD3AD-69DE-4A83-9CE1-12491B7E40ED.JPG
A portaria também prevê que seus integrantes tenham um prazo de 12 meses para conclusão das atividades (Foto:
12/04/2019 às 07:41

O Ministério da Justiça e Segurança Pública decidiu instituir um grupo de trabalho para estudar a viabilidade de utilizar tecnologias de screening(rastreamento) para detecção de motoristas dirigindo sob efeito de substâncias psicoativas.

A portaria instituindo o grupo de trabalho está publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (12). Ela prevê que os seus integrantes terão um prazo de 12 meses para conclusão das atividades e, em seguida, apresentarem um relatório ao secretário Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad).

O grupo de trabalho será composto por representantes, titular e suplente, da Senad, da Secretaria Nacional de Segurança Pública e da Polícia Rodoviária Federal. O trabalho será coordenado pelo representante da Senad.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.