Terça-feira, 02 de Junho de 2020
Notícias

Ministério da Saúde divulga o número de 125 municípios com risco de epidemia da dengue

Manaus está entre as capitais que ainda não apresentaram os resultados do Levantamento Rápido do Índice de Infestação pelo Aedes aegypti (LirAa), divulgado hoje pelo Ministério da Saúde (11).



1.jpg A dengue é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti

O número de municípios com risco de epidemia de dengue subiu de 117 para 125, de acordo com uma atualização do Levantamento Rápido do Índice de Infestação pelo Aedes aegypti (LirAa) divulgada hoje (10) pelo Ministério da Saúde. Os municípios considerados em alerta para a doença passaram de 533 para 552. Cinco capitais (Boa Vista, Manaus, Palmas, Fortaleza e Salvador) ainda não apresentaram os resultados do LirAa. A previsão é que a próxima atualização seja divulgada na sexta-feira (14).

As cidades classificadas como em situação de alerta apresentam larvas do mosquito entre 1% e 3,9% dos imóveis pesquisados, enquanto as que se enquadram em situação de risco registram índice superior a 3,9%. 

De acordo com os dados, Rio Branco, no Acre, é a única cidade em situação de risco, com índice de 4,2%. Ainda assim, dez capitais apresentam situação de alerta para a dengue: Porto Alegre, Cuiabá, Vitória, Maceió, Natal, Recife, São Luís, Aracaju, Belém e Porto Velho.

Até o momento, o ministério recebeu informações de 1.524 municípios – 61 a mais do que o primeiro levantamento fechado no último dia 3. A pesquisa é considerada pelo governo como um instrumento fundamental para orientar as ações de controle da doença.

“O chamado Mapa da Dengue identifica os bairros onde estão concentrados os focos de reprodução do mosquito transmissor da doença, proporcionando informação qualificada para atuação das prefeituras nas ações de prevenção”, destacou o ministério.




Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.