Quinta-feira, 18 de Julho de 2019
Notícias

Ministério do Turismo divulga balanço de obras

A meta da pasta é concluir 1,6 mil obras até a Copa de 2014. Entre elas destacam-se a pavimentação de estradas, a sinalização de destinos turísticos e a construção de centros de convenções



1.jpg No total, o Ministério do Turismo tem 5.163 obras em andamento pelo país, entre elas destacam-se a pavimentação de estradas, a sinalização de destinos turísticos e a construção de centros de convenções
23/08/2013 às 15:04

O Ministério do Turismo está mobilizado para entregar à população 1,6 mil obras que promovem o turismo até a Copa de 2014, cerca de 900 delas em estágio avançado de execução.

Em uma evidente demonstração da importância de se investir em infraestrutura turística, o Ministério reservou 79,6% do orçamento de 2013 para obras, o que corresponde a R$ 2,15 bilhão.

"Ao criarmos condições para o turismo se desenvolver, levamos inclusão social e geramos emprego para todo o país", diz o Ministro do Turismo, Gastão Vieira. De acordo com o IBGE, as atividades características do turismo geraram 2,9 milhões de empregos em 2012.

No total, o Ministério do Turismo tem 5.163 obras em andamento pelo país, entre elas destacam-se a pavimentação de estradas, a sinalização de destinos turísticos e a construção de centros de convenções.

"São intervenções que melhoram a infraestrutura não apenas para os visitantes, mas para os moradores locais", comentou o secretário Nacional de Programas de Desenvolvimento do Turismo, Fábio Mota.

São Paulo é o estado com o maior número de obras em andamento (724) e o maior aporte do Ministério do Turismo (R$ 563,7 milhões). O segundo estado com mais investimentos do turismo é o Ceará: R$ 273,4 milhões em 398 obras. Em eficiência na execução das obras, destaque para o Mato Grosso, com  suas 167 obras no prazo.

Competitividade


Ao melhorar a infraestrutura dos principais destinos brasileiros, o Ministério do Turismo melhora o índice de competitividade turística do País. De acordo com um estudo do Fórum Econômico Mundial, que analisa a competitividade de 139 países, o Brasil ocupa a 52ª posição no ranking geral.

Conforme os resultados obtidos a paritr com a última Pesquisa Anual de Conjuntura Econômica do Turismo, feita pela Fundação Getúlio Vargas a pedido do Ministério, os 80 maiores grupos do setor faturaram R$ 57,6 bilhões e empregaram 115 mil empregos no ano passado.  "Ao investir no turismo, o País estimula um setor importante para a economia, que cresce acima do PIB e gera muitos empregos", diz o ministro Gastão Vieira.

Qualificação

Não menos importante que vias em bom estado, com sinalização turística, locais para eventos e variedade em meios de hospedagem, é a qualidade dos profissionais ligados ao turismo. Com essa finalidade, o Ministério investe em um programa de qualificação profissional (Pronatec Turismo). O Programa vai oferecer mais de 200 mil vagas em cursos de formação até a Copa de 2014. Até o momento, cerca de metade dessa meta foi atingida, com 106 mil vagas preenchidas do Pronatec Turismo.

Desde que o Ministério do Turismo foi criado em 2001, a pasta investiu R$ 15,4 bilhões em mais de 18 mil obras e desde que o ministro do Turismo Gastão Vieira assumiu a pasta, em 2011, foram firmados 2.180 novos contratos, um investimento de R$ 1,9 milhão.

*Informações da Assessoria de Comunicação do Ministério do Turismo

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.