Solicitação

Ministério Público pede ao TCU que substitua Bolsonaro por Mourão no combate à covid-19

O sub-procurador do Ministério Público, Lucas Furtado, pediu que o TCU afaste o presidente Jair Bolsonaro das funções administrativas e hierárquicas sobre os ministérios da Saúde, da Economia e da Casa Civil

Portal A Crítica
19/03/2021 às 23:44.
Atualizado em 09/03/2022 às 08:38

(Foto: Reprodução/Internet)

O sub-procurador do Ministério Público, Lucas Furtado, pediu junto ao Tribunal de Contas da União (TCU) o afastamento do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) das funções administrativas e hierárquicas sobre os ministérios da Saúde, da Economia e da Casa Civil. No pedido, feito nesta sexta-feira (19), Furtado quer ainda que o vice-presidente Hamilton Mourão seja o responsável por nomear os comandantes dos três ministérios.

No documento, o procurador alega inércia e omissão no combate à pandemia da covid-19, além de prejuízos aos cofres públicos. “Determinar cautelarmente o afastamento do presidente da República das funções e competências administrativas e hierárquicas relacionadas ao comando dos Ministérios da Saúde, da Fazenda, da Casa Civil e de outros eventualmente identificados como responsáveis pela inércia e omissão na execução das políticas públicas de saúde no combate à pandemia da Covid-19”, diz trecho do documento.

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
© Copyright 2022Portal A Crítica.Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por
Distribuído por