Publicidade
Cotidiano
Chapecoense

Ministro diz que aeronave vinda de Manaus transportará corpos de vítimas do acidente

Avião Hércules C-130 ficará de prontidão em Manaus para fazer o transporte dos corpos das vítimas do acidente aéreo em Medellín 29/11/2016 às 09:09
Show chape
Foto: Reprodução/Internet
Rafael Seixas e Redação Manaus (AM)

O ministro da Defesa Raul Jungmann informou na manhã desta terça-feira (29), durante entrevista a uma emissora de TV, que a Aeronáutica já disponibilizou um avião Hércules C-130 que ficará de prontidão em Manaus para fazer o transporte dos corpos das vítimas do acidente da aeronave que transportava o time da Chapecoense, para Medellín, na Colômbia, onde o time enfrentaria o Atlético Nacional ainda hoje, em jogo válido pelo primeiro confronto da final da Copa Sul-Americana.

Ainda de acordo com o ministro, a Aeronáutica também irá disponibilizar quatro aeronaves para auxiliar no apoio aos familiares das vítimas do acidente aéreo e para fazer o translado das vítimas. Um avião C-99 da Força Aérea Brasileira (FAB) irá decolar ainda nesta terça (29) de São Paulo em direção a Colômbia transportando, entre outras pessoas, o prefeito de Chapecó, Luciano Buligon.

Entenda o caso

A aeronave que transportava o time da Chapecoense, para Medellín, na Colômbia, onde o time enfrentaria o Atlético Nacional, em jogo válido pelo primeiro confronto da final da Copa Sul-Americana sofreu um acidente próximo à cidade de Cerro Gordo de La Unión, na madrugada desta terça-feira (29). A aeronave tinha 72 passageiros - sendo 48 membros do clube, 21 jornalistas e três convidados - além de nove tripulantes. Segundo informações da Aeronáutica Colombiana, o avião foi obrigado a fazer um pouso forçado.

A polícia colombiana confirmou que 76 pessoas que estavam a bordo do avião que levava o time da Chapecoense morreram no acidente ocorrido nesta madrugada (29). As informações são da agência Ansa.

Ainda segundo informações divulgadas pela aeronáutica da Colômbia, os feridos estão sendo transportados para os hospitais da região - cinco já teriam sido resgatados pelos paramédicos. O primeiro jogador da Chape a chegar ao hospital foi o zagueiro Alan Ruschel que, segundo o site Globoesporte.com, estava consciente.

O resgate está sendo feito por terra, por conta das condições climáticas ruins, conforme informações divulgadas pelo aeroporto internacional Jose Maria Cordova de Rio Negro, primeiro a noticiar informações sobre o acidente.

Publicidade
Publicidade