Terça-feira, 19 de Outubro de 2021
Incêndio

Morador tenta ajudar a conter incêndio e passa mal, no bairro Petrópolis

Bombeiros orientam a população a não agir por conta própria em situações desse tipo



fdeb0bf1-a393-46e2-9e43-c75baa1a25bb_9DB4DCF5-8E4D-4491-AE19-1F94E702C2FA.jpg Fotos: Junio Matos e Marcos Lima
16/09/2021 às 10:39

Moradores tentaram conter um incêndio antes da chegada dos bombeiros em uma casa de dois andares situada na rua Ômega do bairro Petrópolis, na Zona Sul de Manaus, na manhã desta quinta-feira (16).

A equipe de reportagem flagrou o momento em que os moradores, desesperados, tentaram subir no segundo andar da residência. Um homem passou mal devido à inalação da fumaça. Quatro homens seguraram uma escada enquanto o ele tentou subir ao segundo andar da residência.

Quando o homem retornou, estava engasgado devido à inalação da fumaça. Mesmo indagado pela equipe, não conseguiu responder às perguntas. Moradores deram um copo de leite para ele, na tentativa de amenizar os efeitos da inalação da fumaça.

Segundo uma moradora de 24 anos, que não quis se identificar, boatos já estão circulando a respeito do incêndio. “Dizem que uma das moradoras daí pôs o celular pra carregar e saiu pra trabalhar [sic]”.

Alguns residentes gravaram o incêndio, de dentro de suas casas, enquanto as chamas se proliferaram.

Bombeiros do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM) contiveram o fogo. Um tenente que se identificou apenas como Renê afirmou que moradores, mesmo em meio à euforia, devem permanecer longe das chamas, sob risco de se lesionarem gravemente. O bombeiro declarou, ainda, que o tempo de resposta da corporação foi de cinco minutos.

“Sempre é um perigo. Existem riscos nas ações dos bombeiros. Quando um morador tenta entrar em uma residência tomada por fogo e fumaça, ele correrá riscos. Orientamos que apenas se distanciem e esperem a chegada dos bombeiros. Alguém sem equipamento, sem capacete, em um local como esse, pode sofrer uma queimadura ou até ser atingido por um escombro”, disse.

Ainda conforme o tenente do CBMAM, a cobertura da casa é de madeira, o que gera proliferação muito rápida das chamas. Há a hipótese de que a causa do sinistro tenha sido uma pane elétrica.

“Foi orientado ao filho do proprietário da residência que ele vá a uma delegacia fazer um Boletim de Ocorrência (BO) e solicitar a perícia para definir exatamente o que aconteceu. Coube a nós impedir que o fogo se propagasse a outras residências. Utilizamos aproximadamente 1500 litros de água, que foram suficientes. Vamos permanecer aqui até termos certeza  que não há possibilidade de ‘reignição’ desse incêndio”, declarou.



News 6bf8d194 12ee 4a6c 8ab8 29658d0c6750 e69fe602 b00d 41db b967 4526a2cde395
Repórter de A Crítica
Jornalista graduado no Centro Universitário do Norte (UniNorte), que busca trazer um pouco de storytelling a todos os aspectos da vida, principalmente aos textos que levam sua assinatura.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.