Morte

Morre Manoel Ribeiro, ex-prefeito de Manaus

Ele estava internado no Hospital Francisca Mendes por conta de problemas cardíacos

Lucas Vasconcelos
18/01/2022 às 14:34.
Atualizado em 08/03/2022 às 15:57

(Foto: Reprodução)

Com 77 anos, o ex-prefeito de Manaus, Manoel Henriques Ribeiro, morreu na manhã desta terça-feira (18). O político amazonense estava internado no Hospital Francisca Mendes por conta de problemas cardíacos.

Nas redes sociais, o ex-governador, Amazonino Mendes, prestou homenagens a Manoel e relembrou trajetória na política local.

“Hoje se foi mais um querido amigo: Manoel Ribeiro, homem de fibra e sensibilidade. Tivemos divergências sim, mas acima de tudo tivemos convergências. Ex-vice-governador, ex-prefeito eleito de Manaus. Também foi meu secretário na prefeitura”, relembra Amazonino.

Trajetória

Manoel Ribeiro foi eleito vice-governador do Amazonas em 1982 de 1983 a 1985, sucedendo Átila Sidney Lins de Albuquerque e antecedendo Alfredo Pereira do Nascimento. Também foi prefeito de Manaus de 1985 a 7 de julho de 1988, quando foi afastado por seis meses pelo então governador Amazonino Mendes e foi substituído pelo interventor Alfredo Pereira do Nascimento.

Reassumiu por apenas um mês sua posição em dezembro e foi sucedido em eleição por Arthur Virgílio do Carmo Ribeiro Neto.

Em janeiro de 2010, assumiu a presidência do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb) de Manaus, nomeado pelo prefeito Amazonino Mendes.

Durante sua gestão na política, Manoel foi conhecido como “pai dos manequins e manecões”, como eram chamados os primeiros ônibus articulados de Manaus. Também foi responsável pelo “Projeto Meu Filho” e do escultura brilhosa que se encontra na rotatória do Parque do Mindu.

Manoel também era conhecido como “Manoel Pracinha” pela população, pois “amontoava barro e plantava grama em cima”.

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
© Copyright 2022Portal A Crítica.Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por
Distribuído por