Publicidade
Cotidiano
Violência no volante

Manaus teve mais de 140 mortes por acidentes de trânsito este ano

Embora o número seja alto, houve redução de 11,45% no comparativo com o mesmo período do ano passado, quando 166 perderam a vida no trânsito da cidade 16/09/2016 às 11:48 - Atualizado em 16/09/2016 às 11:51
Show mortes no tr nsito
Acidente na av. Leonardo Malcher, ontem (15), deixou duas pessoas lesionadas (Foto: Winnetou Almeida)
Silane Souza Manaus (AM)

Cento e quarenta e sete pessoas morreram este ano, em Manaus, vítimas de acidentes de trânsito. Embora o número seja alto, houve redução de 11,45% no comparativo com o mesmo período do ano passado, quando 166 perderam a vida no trânsito da cidade, de acordo com dados do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans).

Ontem, por volta de 5h30, aconteceu um acidente feio na avenida Leonardo Malcher, no Centro. Um homem dirigindo um Pálio Weekend, de placa JXW-1938, perdeu o controle colidiu com o meio fio e capotou varias vezes, ficando retido no veículo, junto com o outro passageiro. O veículo ficou totalmente destruído, assim como a cobertura de uma loja que desabou parcialmente com o impacto.

O Corpo de Bombeiros fez o resgate de Thalison Ramos de Araújo, 28, e Daniel Ramos de Araújo, 20, ocupantes do carro. Eles foram removidos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto. Thalison teve apenas escoriações e recebeu alta no mesmo dia, já Daniel teve fratura na perna, passou por procedimento cirúrgico e o estado de saúde é estável.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, os ocupantes do veículo estavam exaltados e com sinais de embriaguez. Um deles, em um movimento brusco, chegou a acertar o rosto de um dos bombeiros que realizava o resgate.

Os dados dos órgãos de trânsito mostram que a maioria dos acidentes são causados por imprudência. O Manaustrans informou que desenvolve, diariamente, ações de prevenção a acidentes de trânsito em três segmentos: engenharia, fiscalização e educação. Na engenharia faz a implantação de sinalização viária (horizontal e vertical), lança projetos viários para melhorar a fluidez das vias, analisa a implantação de polos geradores de fluxo de veículos e pedestres. 

Na fiscalização executa diariamente operações para monitoramento do trânsito nas vias e para coibir estacionamento irregular, garantir a fluidez das vias e a segurança de pedestres, em travessias. O setor de educação para o trânsito, por sua vez, realiza, diariamente, atividades de educação em escolas, comunidades, nas ruas, e em estabelecimentos públicos e privados para difundir informações que resultem na formação de cidadãos responsáveis e conscientes sobre o trânsito. 

O número de acidentes de trânsito com vítima fatal também foi grande no período de 1º de janeiro a 12 de setembro, chegando a 144 casos. Mas, assim como de vítimas fatal, houve redução de 8,28% nas ocorrências em relação ao mesmo período do ano passado, quando 157 acidentes foram registrados pelo Manaustrans. 

Educação no trânsito

Sensibilizar estudantes, professores e a comunidade escolar em geral quanto às responsabilidades na segurança do trânsito é o principal objetivo do projeto Festival Temático de Trânsito (Fetran), que vem sendo desenvolvido nas escolas públicas da rede estadual de ensino. A ação é coordenada pela Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (Seduc), em parceria com a Polícia Rodoviária Federal do Estado do Amazonas.

Para socializar com a comunidade escolar às práticas educativas da educação no trânsito, a Seduc está promovendo a I Mostra Intersetorial do Projeto Festival Temático de Transito. Nesta sexta-feira, a mostra acontecerá na escola estadual Ernane Nascimento Simão, localizada na Rua Iraque, no bairro Gilberto Mestrinho, Zona Leste de Manaus, a partir das 9h.

O projeto, segundo a gerente de Programas, Projetos e Atendimento ao Escolar da Seduc, Adriana Boh, “visa conscientizar crianças, adolescentes e toda comunidade escolar a respeito das responsabilidades de todos na segurança do trânsito da cidade. Além disso, o Fertan utiliza atividades pedagógicas do cotidiano dos alunos, incluindo transversalmente a temática do trânsito”.

A mostra reunirá atividades diversificadas que fazem parte do cotidiano dos estudantes, como teatro, exposição de maquetes, declamação de poemas, apresentações de dança e música, cartazes, entre outras.

Neste ano, o projeto atende mais de 4,3 mil alunos dos ensinos Fundamental e Médio das escolas estaduais Diana Pinheiro (Educandos; Djalma Batista (Coroado); Vicente Teles (São Geraldo); Ernane Nascimento (Gilberto Mestrinho); Garcitylzo do Lago e Silva (Tarumã) e Colégio Brasileiro Pedro Silvestre (Centro).

Semana Nacional

A partir do dia 18, o Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) vai realizar diversas atividades na capital e em vários municípios da Região Metropolitana de Manaus, dentre elas palestras em escolas e universidades e blitze educativas. As ações, que seguem até o dia 25, fazem parte da programação da Semana Nacional de Trânsito, que neste ano tem como tema “Década Mundial de Ações Para a Segurança do Trânsito – 2011/2020: Eu sou + 1 por um trânsito + seguro”. O foco são os jovens, aqueles que se preparam para tirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e também os que estão habilitados a menos de dez anos.

Publicidade
Publicidade