Publicidade
Cotidiano
Notícias

Motocicleta é uma alternativa de risco para transporte em Manaus

Uso das 'motos' para os deslocamentos urbanos é excelente, mas imprudência faz crescer o número de acidentes 28/09/2015 às 21:12
Show 1
Infrações cometidas pelos motociclistas tem aumentado, diz o Manaustrans
Nelson Brilhante Manaus (AM)

Conduzindo ou conduzido por uma motocicleta, você cumpre seu trajeto na metade ou em até menos tempo do que quem vai dirigindo um automóvel. Tecnicamente é uma ótima alternativa para reduzir a grande obstrução do trânsito em Manaus e no interior, por onde circulam, diariamente, 829.341 veículos todos os dias nos horários mais críticos. Destes, 224.904 são motocicletas.

Infelizmente, a pressa em chegar ao destino é pessimamente administrada pela maioria dos motociclistas, o que resulta também no maior número de acidentes envolvendo os condutores. A imprudência da maioria deles é o principal motivo de acidentes em Manaus. Os atalhos entre carros encurta o tempo de chegada, mas pode encurtar também o tempo de vida.

Os oito casos de acidentes fatais envolvendo motociclistas registrados no mês de setembro ocorreram em todas as zonas da cidade. Há registros nas zonas Centro-Sul (3), Leste (2), Norte (2) e Sul (1). Em agosto, a frota de motos em Manaus era de 168.350. O número representa 24,55% da frota total atual em Manaus (automóveis, camionetas, ônibus, veículos utilitário etc).

No período de um ano, registrou-se o crescimento de 10,10% na frota de motos. Em números absolutos, são 15.440 a mais no trânsito de Manaus. Em agosto de 2014, a frota de motocicleta era 152.910. Esses veículos representavam 23,55%, na frota total de 649.282 veículos, à época.

Segundo estatísticas do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans), de 1º de janeiro a 21 de setembro deste ano foram registrados 53 acidentes de motociclistas, com vítimas fatais. Em 2014, no mesmo período de nove meses foram 52 motociclistas mortos em acidentes nas ruas de Manaus. A diferença de um ano para o outro é mínima (aumento de 1,92%), mas os índices só dão motivo para lamentar.

Casa das motosInaugurada em 1976, a maior fábrica de motocicletas Honda em todo o mundo tornou-se um dos maiores empreendimentos do Polo Industrial de Manaus e é muito mais do que uma fábrica. A empresa é a segunda maior fabricante de veículos automotores do País, produzindo 27 modelos de motocicletas nacionais, de 100 a 1000cc, além de quadriciclos e motores estacionários. Na linha de importadas são 9 modelos de até 1.800 cilindradas.

Blog: Paulo Henrique Martins

Diretor-presidente do Manaustrans

“Comprovadamente hoje, o maior índice de infração é de condutores de motocicletas. São retornos em locais proibidos, por cima de calçadas e canteiros centrais. São práticas comuns, irregulares, para encurtar caminho. Atitudes desnecessárias, porque eles andam mais rápidos que os veículos maiores”, afirma o presidente do Instituto Municipal de Fiscalização e Engenharia de Trânsito, Paulo Henrique Martins. As infrações mais frequentes registradas neste ano pelos agentes do órgão, envolvendo especificamente motociclistas, são: conduzir motocicleta sem capacete (condutor); motorista conduzir passageiro sem capacete e motorista transitar com veículos sobre canteiros.

Estatística

A frota atual de veículos no estado do Amazonas até agosto deste ano é 829.341. Somente na capital amazonense são 685.688. Em 2014 eram 800.659 veículos no Estado e 665.011 em Manaus. Em média, são emplacados 3.500 veículos novos na capital.

Publicidade
Publicidade