Publicidade
Cotidiano
ECONOMIA

Motonetas da marca italiana Vespa e cafeteiras passarão a ser produzidos no PIM

Novos produtos estão entre contemplados nos projetos industriais aprovados nesta quinta-feira (27) pelos membros do Conselho de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Codam) 28/10/2016 às 11:23
Show capturar
Diversidade dos projetos industriais e de serviços que integraram a pauta aprovada pelo Conselho foi destacada pelo titular da Seplancti, Thomaz Nogueira (ao microfone) (Foto: Divulgação)
Lucas Jardim Manaus (AM)

Com a recessão econômica começando a dar sinais de trégua, o Polo Industrial de Manaus (PIM) começa a ver uma diversificação de suas linhas de produtos. Essa foi a percepção de membros do Conselho de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Codam), órgão da instância estadual que regula incentivos fiscais que realizou sua 264ª reunião na manhã desta quinta-feira (27).

Na ocasião, que marca o penúltimo encontro dos conselheiros em 2016, a pauta aprovada na íntegra prevê a implantação de 34 projetos estimados em R$ 1,4 bilhão, que devem gerar mais de mil empregos ao longo dos próximos três anos.

“Nós temos projetos bastante diversificados. Temos eletroeletrônicos, temos até [a fabricação de] cafeteiras, que é algo que a gente não produz, porque isso vai na direção do que nós estamos buscando, ou seja, trazer novos produtos, absolutamente diferente do que nós temos aqui, então não é o valor, não é o investimento, mas é emblemático que nós estejamos trazendo novos produtos”, declarou o secretário de estado de Planejamento, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação, Thomaz Nogueira, que presidiu a reunião.

A empresa responsável pela introdução das cafeteiras, a Flextronics International Tecnologia Ltda., deverá investir  R$ 35,4 milhões e gerar 172 postos de trabalho para produzir o eletrodoméstico dentro do PIM.

Entre outras diversificações dignas de nota está a iniciativa da Masa da Amazônia Ltda., gigante do setor componentista do Estado, que teve o projeto de fabricar motonetas de 400 cilindradas em Manaus aprovado pelo conselho. A empresa deve fabricar modelos da Vespa, famosa marca italiana do segmento, contando com investimento de R$ 53,3 milhões e gerando 88 postos de trabalho.

Entre os destaques, estão os projetos da Foxxconn Moebg Indústria de Eletrônicos Ltda. para a fabricação de rádio com reprodutor de cd/dvd/cvd, no valor de R$ 144,9 milhões e o da Qualitech Indústria, Comércio e Representações Ltda. para a produção de receptores de sinal de televisão, estimado em R$ 80,5 milhões. Os projetos deverão gerar, respectivamente, 190 e 69 novos empregos.

De um modo geral, Thomaz reafirmou que a importância da pauta aprovada para o futuro do modelo econômico do Estado. “[Os investimentos são] um fator positivo e, volto a dizer, significa a confiança dos empreendedores, das empresas que aqui estão instaladas e das que estão chegando. São 12 projetos de diversificação e 22 de implantação. [...] Nós temos um momento ainda difícil. Nós ainda não saímos completamente da crise, mas nós já estamos começando a ter um discreto crescimento, mas fundamentalmente uma confiança no futuro”, disse o secretário.

Em relação ao mesmo período de 2015, a pauta da reunião representa mais do dobro de investimentos. No acumulado de 2016, o Codam aprovou um total de 179 projetos que somam R$ 7.544 bilhões e 3.732 postos de trabalho no período de até três anos. A última reunião do Codam este ano está prevista para o dia 15 de dezembro.

Publicidade
Publicidade