Publicidade
Cotidiano
Visando sexta e sábado

Motoristas procuram pátio do Detran-AM no primeiro de visita antes do leilão

Condutores dispostos a arrematar “correm” para o pátio do Detran em busca de “garimpar” sonhado carro ou moto 07/12/2016 às 05:00 - Atualizado em 08/12/2016 às 08:56
Show leilao1
Pátio do Detran, no bairro Planalto, está recebendo pessoas ávidas a dar lances no leilão que acontece sexta e sábado / Fotos: Euzivaldo Queiroz
Paulo André Nunes Manaus (AM)

Enquanto uns sonham com um carro ou motocicleta “cheirando a novo”, outros só querem adquirir seu veículo de quatro ou duas rodas sem se importar muito se ele é “zero bala” ou não. É o que estão fazendo os motoristas que estão se dirigindo desde a última terça-feira (6) ao Pátio do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran), localizado na rua 4, nº 201, bairro Planalto, Zona Centro-Oeste, visando ao quarto e último leilão do ano e que acontecerá nas próximas sexta e sábado às 10h na empresa Vip Manaus, situada na rua Visconde de Sinimbu, 1568, no bairro Parque das Laranjeiras, Zona Centro-Sul.

Um total de 681 veículos – sendo 666 motos e 15 carros - estarão disponíveis para o leilão que será realizando de forma presencial e online e que é o último do ano. Os veículos a leilão estão no pátio do Detran há mais de 90 dias, por pendências como embriaguez ou Carteira Nacional de Habilitação (CNH) atrasada por parte do ex-proprietário, informou Michel Costa, responsável pelo parqueamento do Departamento de Trânsito. Os valores estarão com lances iniciais em média de R$ 600 para moto e entre R$ 1.000 para carros.

Os veículos que serão leiloados estão disponíveis para visitação ate a próxima quinta-feira, feriado de Nossa Senhora da Conceição, das 9h às 17h.
sonho próximo

A esperança por um veículo levou um número considerável de pessoas ao pátio do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran), na rua 4, n° 201, Planalto, no primeiro dia de visita, em busca dos melhores veículos. Uma delas era a industriária Luciana de Aguiar Mota, 34, que foi em busca de uma motocicleta para ajudar na locomoção diária do bairro Dom Pedro até o trabalho, no Distrito Industrial 2 do Pólo Industrial de Manaus (PIM). 

Ela vivia a expectativa de sondar um moto, que seria a primeira da sua vida. “Vai ser meu primeiro bem e estamos tentando comprar a motocicleta. É a primeira vez que eu vou participar de um leilão e o que me desperta mais atenção são as motos, em virtude da facilidade de locomoção que elas dão, ainda mais para mim que tenho dois filhos, de 4 e 8 anos, e sou casada. Pra quem acorda de madrugada, como eu, um veículo vale demais e facilitaria, e muito, a minha vida. Algumas dessas motos estão com o preço bem acessível, de R$ 800, que dá para arrematar, e outras ‘salgadas’ demais; assim não vale a pena”, conta ela, que veio mais pelo valor dos veículos do que propriamente por um modelo em especial. “Marca e cor específicas não me chamam atenção. Nos leilões são um digladiando contra os outros. Mas estamos olhando algumas que sejam menos concorridas”, disse ela, que vai participar do leilão da próxima sexta, dia 9.

'Paquerando' uma motocicleta

Quem também  vai participar de um leilão pela primeira e estava “paquerando” uma motocicleta ontem era o autônomo Célio Queiroz, 29. Isso após ele não ter gostado de nenhum dos 15 carros expostos no pátio do Departamento Estadual de Trânsito e decidir migrar para o possante mundo das duas rodas.

“Percebi que há poucas opções de carro e eu decidi ir pras motos, pra tentar a sorte e ver se consigo arrematar alguma nesse leilão. Vim atrás de um celtinha prata de quatro portas, mas o valor está acima do mercado, em R$ 5.000, e acabei desistindo. Nas motos, vou atrás de modelos como Faze e CG de anos mais recentes”, comentou ele, que anotou dez números de modelos para dar lances no primeiro dia de leilão, na próxima sexta.

“Estou achando o pátio organizado, vamos ver na hora do leilão se vai ter desorganização”, disse o autônomo.

Célio Queiroz já é dono de um veículo de quatro rodas com 6 anos de uso, do qual ele pretende se desfazer em breve. “Eu iria dar lance em modelo 1.0 mais econômico, pois a gasolina está cara, e venderia o meu atual”, destaca ele.

Pátio vai abrir no feriado para o público

“Nós esperamos um número maior de pessoas é na quinta-feira, dia de feriado, quando o pátio também abrirá para a visita dos interessados nos veículos”, informou Michel Costa, responsável pelo parqueamento de veículos do Detran.  De acordo com o diretor-presidente do órgão, Leonel Feitoza, ao ser arrematado, o veículo sai do órgão sem restrições jurídicas ou pendências financeiras.

“O comprador pode ficar tranquilo ao adquirir um veículo, ele sai sem nenhuma dívida e com o IPVA pago até o dia do leilão”, informou. O dinheiro arrecadado pelo órgão no leilão é utilizado para pagar as dívidas destes veículos junto ao Detran-AM, informou a assessoria de comunicação do órgão de trânsito.

Interessados em participar do leilão não precisam realizar cadastro, apenas apresentar os documentos de RG, CPF e comprovante de residência. Ao arrematar o produto, o comprador deve adiantar 50% do valor.
Mais informações podem ser obtidas através do site www.vipleiloes.com.br e pelos telefones (92) 3642-6909 e (92) 98159-7859.

 

Publicidade
Publicidade