Sexta-feira, 24 de Maio de 2019
GASTOS

MP recomenda que Prefeitura de Nhamundá não custeie exposição agropecuária

Ministério Público argumenta que a cidade tem outras demandas imediatas para serem resolvidas



show_1__3__709FA32D-3EBD-4758-A8F5-A96CB71C68D9.jpg
Foto: Divulgação
23/04/2019 às 07:00

O Ministério Público do Amazonas (MP-AM) recomendou que a Prefeitura de Nhamundá se abstenha de usar dinheiro público para custear a 2ª Exposição Agropecuária de Nhamundá e use o dinheiro para investir em obrigações prioritárias e inadiáveis, como a manutenção e ampliação dos serviços essenciais de saúde, educação, saneamento e folha de pessoal. 

A recomendação foi expedida no dia 14 de abril e publicada no Diário Oficial de ontem. O documento é assinado pelo promotor de justiça substituto Weslei Machado. 

Nas considerações, é citado que o lazer é importante, entretanto, recentemente médicos foram demitidos devido a dificuldades financeiras. Há ainda a falta de medicamentos, contratação de profissionais, além da necessidade de saneamento básico e melhoria no sistema de fornecimento de água. 

O promotor recomenda ainda a imediata suspensão de contratos que já tenham sido firmados, de modo que a Prefeitura não efetue pagamento decorrente de contratação, sob pena da aplicação de medidas judiciais cabíveis pelo MP-AM. 

A exposição agropecuária está marcada para o dia 25 de maio.

*Por Suelen Gonçalves.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.