Sexta-feira, 19 de Julho de 2019
Notícias

Mulher de 35 anos é esganada, morta e enterrada por namorado de 17 anos em Fonte Boa (AM)

O assassino confessou o crime, e disse que havia esganado a companheira com um cadarço de um calção dele após uma briga entre os dois motivada por ciúmes



1.jpg Crime aconteceu no município de Fonte Boa, localizado a 678 quilômetros a oeste de Manaus
30/10/2014 às 12:42

Um adolescente de 17 anos foi apreendido pela Polícia Civil do município de Fonte Boa, localizado 678 quilômetros a oeste de Manaus, suspeito de enforcar, assassinar e enterrar a sua namorada, de 35 anos, na quarta-feira (29), na zona rural da cidade. O rapaz foi a última pessoa vista com a vítima e estava com vários arranhões pelo corpo.

Conforme o delegado Claudenor Medeiros, da 55ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), a família registrou o desaparecimento da vítima na noite da última terça-feira (28), após a mulher sair para pescar com o namorado pela tarde. Após diligências, os investigadores chegaram à casa do assassino e o encontraram em tranquilidade, sem quaisquer indícios de embriaguez.

Interrogado, o adolescente confessou que esteve com a namorada, mas primeiramente disse não saber do paradeiro dela, indicou só depois onde a havia “deixado”. No local indicado, o corpo da vítima estava enterrado em um matagal e o suspeito foi, então, levado à delegacia. “Ela estava enterrada há algumas horas, já que ele ficou com ela até umas 16h”, disse o delegado.

O adolescente confessou o crime e disse que havia esganado a companheira utilizando um cadarço de um calção dele após uma briga entre os dois. No exame de necropsia, foi confirmado enforcamento e esganadura. “Ele disse que estava com ciúmes e que ela o maltratava e o traia. Ele também disse que jogou o calção e o cadarço no rio”, explicou o delegado.

As marcas de arranhão no corpo do assassino foi um importante indício para colocá-lo como suspeito. “O maior detalhe foi o fato de ele estar com escoriações no corpo. O médico confirmou que eram marcas de unha. Quando tem uma briga, uma pessoa está com arranhões e a outra sumiu, temos evidencias do crime e a constatação”, afirmou Claudenor.

Foi realizado um exame cadavérico no corpo da mulher no Hospital Regional de Fonte Boa, mas ainda não há o resultado. Um auto de flagrante foi registrado na 55ª DIP e o procedimento será encaminhado para o Ministério Público. O rapaz, como é menor de 18 anos, poderá cumprir medidas socioeducativas e ficar apreendido.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.