Publicidade
Cotidiano
Susto

Município de Borba, no AM, tem abalo sísmico de magnitude 3,3, diz observatório da UnB

Este é o segundo abalo registrado no Amazonas em menos de uma semana. No último dia 27, a cidade de Presidente Figueiredo, a 107km da capital, também registrou um fenômeno semelhante 01/12/2016 às 11:26 - Atualizado em 01/12/2016 às 16:55
Show mapa1
Conforme a UnB, abalo ocorreu em uma região entre Borba e Novo Aripuanã (Foto: Reprodução)
Vinícius Leal Manaus (AM)

O município de Borba, localizado a 151 quilômetros de Manaus, foi atingido por um abalo sísmico de magnitude 3,3 na manhã desta quinta-feira (1º). De acordo com o Observatório Sismológico da Universidade de Brasília (Obsis/UnB), o tremor aconteceu às 6h44 e foi registrado a 5 quilômetros de profundidade.

Conforme o Obsis/UnB, este é o segundo abalo registrado no Amazonas em menos de uma semana. No último dia 27 de novembro, a cidade de Presidente Figueiredo, a 107 quilômetros da capital, na região metropolitana, também registrou um fenômeno semelhante, de magnitude 3,4 e de 10 quilômetros de profundidade.

De acordo com o superintendente do Serviço Geológico do Brasil (CPRM), Marco Antônio Oliveira, o abalo sísmico foi considerado baixo, sem causar danos a estruturas de prédios. “O Observatório Sismológico de Brasília emitiu esse tremor de terra para a rede de monitoramento nacional. Foi um sismo detectado próximo a Borba e Novo Aripuanã, de magnitude 3,3”, disse.

“Foi um sismo raso de cinco quilômetros de profundidade. Pode ter sido sentido nos municípios, mas não podemos confirmar”, completou o superintendente do CPRM. “Se tivesse sido maior poderia ter consequências graves aos municípios. Quem geralmente sente esses tremores é quem estava nos prédios mais altos”, afirmou Marco Antônio  Oliveira.

Sem consequencias
Apesar do tremor de terra ter sido registrado, a população de Borba não sentiu os efeitos do abalo. “Não senti. Não estou sabendo disso. Eu estava acordado a essa hora porque levanto cedo, mas não senti nada. A gente mora no Centro e se tivéssemos sentido o comentário estaria grande na cidade, que é pequena”, afirmou por telefone Robson Sá, ex-treinador do time de futebol Nacional Borbense, residente em Borba.

Histórico de abalos
O município de Borba tem histórico de abalos sísmicos. De acordo com a UnB, este é o quinto tremor de terra registrado no município desde 1921 e o segundo só este ano: o primeiro havia ocorrido em 7 de setembro, com magnitude 3,1 e também a 5 quilômetros de profundidade. A maior magnitude registrada até aqui foi em 5 de julho de 1984, de 3,5. A profundidade, conforme o registro, foi 0.

Publicidade
Publicidade