Quinta-feira, 21 de Novembro de 2019
Notícias

Municípios do AM devem receber 42 novos profissionais do Programa Mais Médicos

Conforme dados repassados à Susam, nesta primeira chamada, foram contemplados os municípios de Barreirinha, Borba, Careiro da Várzea, Humaitá, Manacapuru, Manaus, Maués, Novo Airão, Parintins, Rio Preto da Eva e Tabatinga



1.jpg Esses 11 municípios devem receber um total de 42 novos médicos
12/02/2015 às 16:26

Dos 22 municípios  do interior do Amazonas que aderiram ano novo edital do Programa Mais Médicos, lançado pelo Governo Federal no mês de janeiro, 11 conseguiram atrair o interesse de profissionais, na primeira chamada, cujo resultado foi divulgado pelo Ministério da Saúde nesta semana. Esses 11 municípios devem receber um total de 42 novos médicos, explicou o Secretário Estadual de Saúde, Wilson Alecrim.

“No total, os 22 municípios amazonenses ofertaram 68 vagas, portanto, ainda restam 26 a serem preenchidas nas próximas chamadas, que estão programadas pelo Ministério da Saúde”, informou Alecrim.



Conforme dados repassados à Susam, nesta primeira chamada, foram contemplados os municípios de Barreirinha, Borba, Careiro da Várzea, Humaitá, Manacapuru, Manaus, Maués, Novo Airão, Parintins, Rio Preto da Eva e Tabatinga.

No Amazonas, permanecem com vagas abertas os municípios de: Benjamin Constant, Boca do Acre, Canutama, Carauari, Eurinepé, Lábrea, Manicoré, Santa Isabel do Rio Negro, Silves,  Tefé e Urucurituba, num total de 26 vagas.

Documentação - Os primeiros 42 médicos selecionados na primeira chamada já podem se apresentar aos municípios e fazer a entrega da documentação, para confirmação do vínculo com o programa. “Aqueles que forem confirmados, após análise da documentação, devem começar a trabalhar no início de março”, explicou Maria Keyla  Amorim, Coordenadora do Programa Mais Médicos no âmbito do Estado. Os profissionais têm até o dia 20 deste mês (exceto o período de Carnaval) para se apresentar. Os que não cumprirem essa etapa terão suas vagas disponibilizadas para a segunda chamada.

O Ministério da Saúde deve realizar mais duas chamadas, em fevereiro e março, priorizando o ingresso de médicos brasileiros, antes de abrir inscrições para os intercambistas – brasileiros com formação no exterior ou estrangeiros – a fim de preencher as vagas remanescentes.

*Com informações da assessoria de comunicação.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.