Quinta-feira, 18 de Julho de 2019
Notícias

'Não fiz Réveillon, mas paguei o 13º', diz Madá, prefeita do município de Iranduba (AM)

Ela foi eleita para o cargo de vice-prefeita na chapa de Xinaik Medeiros, na eleição de 2012. Madá, após a prisão de Xinaik, assumiu a prefeitura em novembro de 2015



1.jpg Madá, como é conhecida, muda perfil do município e é popular
27/02/2016 às 16:28

Madá, como gosta de ser chamada Maria Madalena de Souza (PSDB) – prefeita do Município de Iranduba, antes de chegar à política era técnica de enfermagem, tendo precedido essa carreira pela de parteira do distrito de Cacau Pirêra. Após um mandato como vereadora de 2004 a 2008 e um hiato político até a eleição para a prefeitura em 2012, onde concorreu como vice do prefeito cassado Xinaik Medeiros (Pros), tem agora a missão de reestruturar o executivo municipal, de onde teve que demitir 529 servidores fantasmas. “Fiz uma varredura”, afirmou Madá.

A senhora já esperava pela cassação do Xinaik?
Eu sempre digo que não quero o mal dele, nem de ninguém. São seres humanos, tem família, mas para o desenvolvimento do município, para a população manter a tranquilidade, a calma que está hoje, a credibilidade na política partidária, é isso que a população quer hoje.

Quais foram suas ações emergenciais?
A primeira coisa que fiz foi um decreto de exoneração de todos os comissionados e suspensão dos contratos, suspensão dos funcionários efetivos que não trabalhavam, que só ocupavam o cargo e não exerciam a função. Em seguida fizemos uma operação de limpeza nas ruas do município, pois tinha muito lixo acumulado, pois uma boa dona de casa cuida bem da sua casa e Iranduba é como se fosse a minha casa. Depois da limpeza das ruas, a prioridade foi organizar e colocar em dias o pagamento dos servidores do município. Não fiz Réveillon, mas coloquei em dia o pagamento dos servidores, inclusive do 13º salário. Depois regularizei o fornecimento de merenda escolar, da empresa que faz transporte escolar. E estou mantendo o pagamento dos servidores em dia, repasse para a Câmara em dia. Estou parcelando todas as dívidas que estou encontrando.

Já conseguiu algum convênio, já que o município está muito endividado?
Convênio com a Funasa de R$ 200 mil para ser usado na área de saúde, educação e meio ambiente. E uma emenda do senador, hoje ministro Eduardo Braga, no valor de R$ 300 mil para a aquisição de duas picapes e um consultório odontológico, mas hoje esse valor não dá mais, então dia 29 estarei em Brasília já levando uma proposta de emenda no valor de R$ 294 mil. Estamos num segundo processo, também com a Funasa, para acessar R$ 16 milhões, que serão usados na captação de água do município, que vem se arrastando há quatro anos. Já consegui até o terreno, que será doado pelo senhor Adalberto Azevedo, para que façamos a captação dessa água do Caldeirão (rio Solimões) para o Iranduba.

O MP-AM chegou a lhe entregar uma lista de servidores fantasmas?
Eu sempre comentava que existia uma lista de funcionários fantasmas, no total 529. Eu questionava isso mais nunca era ouvida e Deus colocou tudo na minha mão, através do MP, PF, CGU, e eu fiz uma varredura. Hoje cerca de 470 já foram exonerados da área de saúde e educação, mais da educação do que da saúde. Só na Casa Civil tínhamos a lotação de 70 servidores, quando a lotação máxima é de 15 e aí a gente tinha um inchaço.

Que obras planeja fazer neste ano?
Vamos construir sete escolas e 18 escolas serão reformadas, entre essas, três serão ampliadas. Isso foi possível graças a retirada de servidores fantasmas, economia com combustível, diminuição do valor dos contratos. Além disso queremos dar continuidade às obras que estão paradas no município devido a Operação (Cauxi), como Unidades Básicas de Saúde e quadras poliesportivas. Estamos em processo de licitação para recapear a sede do Distrito do Cacau Pirêra e 22 poços artesianos, só neste último deve ir mais de R$ 500 mil.

O Tribunal Regional Eleitoral registrou um aumento de 16% na transferência de títulos para o Iranduba. A senhora considera isso um risco para a eleição deste ano?
Bom, antes as pessoas estavam deixando o Iranduba, transferindo seus títulos, agora as pessoas estão vindo para o município. Mas hoje, mesmo a passos lentos o município está andando e já evoluímos muito nesses três meses. E o programa Minha Casa Minha Vida exige título eleitoral de Iranduba, então muitas pessoas estão correndo para conseguir regularizar o título, por isso está essa situação lá (TRE), muita gente madrugando. Antes achavam que título só era um documento necessário para votar em quem não presta, votar em ladrão, e hoje o título é um documento como qualquer outra, como a identidade mesmo.

O que mudou na Prefeitura de Iranduba de quando a senhora assumiu até hoje?
Hoje a cidade já está agradável, o povo me cumprimenta sorrindo por onde passo, não tenho inimigos. É muito difícil eu andar com seguranças, até porque eu não gosto, segundo que não me sinto bem mesmo, e acima de tudo porque tenho Deus no coração e na minha vida. Recebo críticas, pois todo prefeito, mesmo fazendo 99% do seu dever, vai receber críticas e isso é algo natural, pois sempre existe oposição. Estou bem no município, as pessoas estão procurando novas perspectivas e estão acreditando mais no poder público.

Hoje a senhora se diz do PSDB, mas ainda não é algo oficial. Com a abertura da janela partidária a senhora pensa em mudar de sigla?
Ainda não sei. Mas sei que antes de estar prefeita eu já me dizia pré-candidata ao próximo pleito (que ocorre neste ano). Já tenho dois possíveis nomes de candidatos para serem vice na minha chapa, mas ainda não posso revelá-los.


PERFIL: Madá
Idade: 55 anos
Nome: Maria Madalena de Jesus  Souza
Estudos: Ensino Médio Completo
Experiência: Auxiliar de Enfermagem; Vereadora eleita para o pleito de 2004/2008; Concorreu e foi eleita para o cargo de vice-prefeita na chapa de Xinaik Medeiros, na eleição de 2012. Madá, após a prisão de Xinaik, assumiu a prefeitura em novembro de 2015.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.