Publicidade
Cotidiano
Notícias

No Amazonas, 27 mil toneladas de pescado foram desperdiçadas durante o ano

A estimativa foi feita pela Federação dos Pescadores do Estado do Amazonas (Fepesca) durante o balanço do setor realizado nesta sexta-feira (19). A expectativa é de que o índice de desperdício caia para 12% em 2015 19/12/2014 às 17:59
Show 1
Falta de armazenamento adequado do pescado é a principal causa do desperdício
Juliana Geraldo Manaus (AM)

A produção de pescado no Amazonas foi de aproximadamente 180 mil toneladas em 2014, das quais 15% (em torno de 27 mil toneladas) foram perdidas por falta de infraestrutura de armazenamento, transporte precário e logística para exportar o excedente produzido.

Reduzir o índice de perdas na produção do pescado de 15% para pelo menos 12% está entre as principais metas traçadas pela Federação dos Pescadores do Estado do Amazonas (Fepesca) para 2015.  

O diagnóstico foi feito na manhã desta sexta-feira (19) pela federação, na reunião com representantes de colônias de pescadores do Estado e órgãos como a Confederação Nacional dos Pescadores e Aquicultores (CNPA) e a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Segundo o presidente da Fepesca, Walzenir Falcão, a expectativa é reduzir gradativamente o percentual de perda de pescado.

“Precisamos de alternativas para escoar o excedente e continuar cobrando dos órgãos competentes melhorias como câmaras de resfriamento para armazenar  o pescado. Se não houverem mudanças drásticas vamos continuar jogando fora essa quantidade enorme de peixe”, lamentou.

Terminal Pesqueiro

O funcionamento apenas parcial do Terminal Pesqueiro, localizado no bairro Educandos, zona Sul de Manaus, também foi apontado por Walzenir Falcão como um dos motivos para o desperdício de pescado.

"No próximo ano, vamos reforçar as cobranças ao Ministério da Pesca para colocar o terminal em pleno funcionamento, conforme o prometido. Até hoje, o lugar serve apenas como atracadouro de barcos", criticou.

Publicidade
Publicidade