Terça-feira, 20 de Agosto de 2019
Notícias

No desempate, Mocidade Alegre é bicampeã do Carnaval de São Paulo

A escola foi a terceira a desfilar, na madrugada de domingo (10). Ao todo, eles levaram 3.200 componentes distribuídos em 25 alas e cinco alegorias.



1.jpg Desfile das escolas de samba do Grupo Especial, dia 9 de fevereiro de 2013, Sambódromo do Anhembi. Mocidade Alegre
12/02/2013 às 16:08

Com o enredo “A sedução me fez provar, me entregar à tentação... da versão original, qual será o final?”, a Mocidade Alegre utilizou toda a irreverência no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo, para chamar atenção sobre a subversão de valores, e conseguiram. O anúncio foi feito pela Liga Independente das Escolas de Samba, nesta terça-feira (12).

A escola foi a terceira a desfilar, na madrugada de domingo (10). Ao todo, eles levaram 3.200 componentes distribuídos em 25 alas e cinco alegorias. A produção foi assinada pelos carnavalescos Márcio Gonçalves e Sidnei França.


Alegre Mocidade Alegre

A Mocidade Alegre, uma das mais tradicionais e arrojadas Escolas de Samba do Carnaval Paulistano, foi fundada no dia 24 de setembro de 1967 por um grupo de amigos liderados por Juarez da Cruz. Carinhosamente conhecida como a "Morada do Samba", a história da Mocidade se confunde com a modernização do carnaval em São Paulo. Nesses 44 anos de glórias, a agremiação coleciona sete títulos, conquistados nos anos de 1971, 1972, 1973, 1980, 2004, 2007, 2009, 2011 e 2012.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.