Domingo, 08 de Dezembro de 2019
EDUCAÇÃO

Nota do Ideb por escola está disponível na internet; é possível comparar instituições

Além do desempenho dos estudantes, estão disponíveis informações sobre infraestrutura, funcionários e gestão de cada escola avaliada em 2017



1008368-20160314-capa-_171151_9C99866D-4770-4773-8A0E-2FC94DF46EA1.jpg Foto: Agência Brasil
04/09/2018 às 15:33

(Inep) divulgou hoje (4) o site idebescola.inep.gov.br, que reúne o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de cada escola do país – principal parâmetro de qualidade da educação nacional.

No portal, é possível acessar, além do desempenho dos estudantes, informações sobre a infraestrutura, funcionários e gestão de cada instituição avaliada em 2017. É possível ainda comparar escolas.



O Ideb, divulgado ontem (3) pelo Ministério da Educação (MEC), avalia o ensino fundamental e médio no país, com base em dados sobre aprovação nas escolas e desempenho dos estudantes no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb), com exames de língua portuguesa e matemática.

Desde a criação do indicador, em 2007, foram estabelecidas diferentes metas (nacional, estadual, municipal e por escola) que devem ser atingidas a cada dois anos, quando o Ideb é calculado. O índice vai de 0 a 10. No site, é possível consultar se a escola cumpriu a meta para cada etapa de ensino.

Os dados divulgados pelo MEC mostram que o país cumpriu a meta nacional apenas nos anos iniciais do ensino fundamental, etapa que compreende do 1º ao 5º ano.

A meta para o Brasil é alcançar a média 6 até 2021, patamar educacional correspondente ao de países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Este ano, pela primeira vez, o Inep divulga o Ideb por escola, no ensino médio. Até a última divulgação, em 2015, eram apresentados apenas os índices do ensino fundamental.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.