Quinta-feira, 04 de Junho de 2020
RENEGOCIAÇÕES

Nova edição do Feirão da Serasa dá até 98% de desconto em Manaus

Empresa realiza feirão de renegociação de dívida em Manaus e abre a possibilidade de mais de um milhão de pessoas limparem o nome



1583759_CF29C28E-0E01-4F32-A31B-D4C10308BB31.jpg Foto: Eraldo Lopes
09/03/2020 às 08:36

Mais de 1 milhão de manauaras, que estão com  dívidas pendentes ou negativadas no Serasa têm a oportunidade de renegociar em até 98% o valor total do débito. A negociação pode ser feita por meio do site Serasa Limpa Nome, ou na agência da empresa, localizada na Rua 24 de Maio, 220 Salas 1101 à 1103, 11º Andar, Ed. Rio Negro, Centro da capital.

Segundo a Serasa, em dezembro de 2019, a cidade indicava  1.035.127 inadimplentes e, com isso, a capital passou a ocupar a quarta colocação no ranking de cidades com maior número de pessoas em estado de inadimplência do Brasil.



O Feirão Serasa Limpa Nome iniciou em 27 de fevereiro e se estende a 31 de março. Na agência da Serasa, em Manaus, a negociação pode ser feita de  8h às 18h, de segunda a sexta-feira. É necessário apresentar um documento com foto e o número de CPF. Ao negociar a dívida, o cliente sai com um boleto impresso para pagar a quantia restante em uma rede bancária.

Consumo

A contadora Yzes Pires disse que muitos consumidores encontram dificuldades em quitar as dívidas onerosas porque elas, consequentemente, apresentam parcelas elevadas. A contadora afirmou, ainda, que há cinco anos está com pendência na Serasa e acrescentou que o feirão possibilita que a sociedade manauara retorne ao consumo.

“Será ótimo, pois a gente vai poder voltar a comprar no mercado novamente. Quando estamos com o nome negativado, não podemos comprar nada em canto nenhum. Esse Feirão vai beneficiar todos da sociedade”, disse a contadora.

Faturamento

O presidente da Associação Comercial do Amazonas (ACA), Ataliba Filho, afirmou que ação do Serasa é importante porque visa limpar o nome dos consumidores e torná-los adimplentes para que voltem a consumir, o que movimento a economia como um todo. “Naturalmente vai aumentar o faturamento do segmento e, consequentemente, aumentando a arrecadação, emprego e renda”, disse o presidente da ACA.

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Manaus (CDL Manaus), Ralph Assayag, recomenda que a população não faça dívidas de mais de 30% do salário. Além disso, Ralph Assayag disse ao A CRÍTICA que as pessoas devem buscar informações relacionadas à educação financeira.

“Quando as pessoas perdem o emprego, a dificuldade aumenta porque não têm maneira da fazer o pagamento. A gente pede também que a terceira idade não empreste o seu nome. Porque a terceira idade também está ficando inadimplente, com dificuldades de pagar”, disse o presidente.

Comércio

O vice-presidente da CDL Manaus, Ezra Azury, afirmou que o feirão é muito importante para o comércio. Ele acrescentou dizendo que em outubro e novembro de 2019, o CLD também realizou o “Limpe o seu crédito e faça seu nome brilhar” que é uma campanha que o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) faz anualmente.

“O que a Serasa está fazendo é muito bem-vindo, porque quanto mais adimplentes, há mais condição das pessoas pagarem o que devem, e isso é bom para o comércio. Às vezes, por um motivo qualquer, as pessoas não conseguiram pagar as parcelas em um dia correto. Mas tendo uma condição melhor para realizar o pagamento, elas acabam conseguindo quitar e retornar ao mercado de consumo com seu crédito limpo”, disse o vice-presidente.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.