Domingo, 25 de Outubro de 2020
EM PARAISÓPOLIS

Nove morrem pisoteados em baile funk na capital paulista, diz PM

Cerca de 5 mil pessoas participavam do evento, para onde fugiram dois suspeitos que atiraram em policiais que realizavam a chamada Operação Pancadão, segundo informações da Polícia Militar



favela_B4371D9F-AE31-479A-9443-D6E0AB06E73B.JPG Foto: Ponte Jornalismo
02/12/2019 às 10:55

Nove pessoas morreram após serem pisoteadas na madrugada de domingo (1º) em um baile funk em Paraisópolis, na Zona Sul de São Paulo, de acordo com informação da polícia.

Cerca de 5 mil pessoas participavam do evento, para onde fugiram dois suspeitos que atiraram em policiais que realizavam a chamada Operação Pancadão, segundo informações da Polícia Militar.



“A moto (com os suspeitos) fugiu em direção ao baile funk, (com os suspeitos) ainda efetuando disparos, ocasionando um tumulto entre os frequentadores do evento”, disse uma nota da PM.

A polícia usou bombas químicas e balas de borracha após ter sido atacada quando chegou ao baile, segundo a assessoria de imprensa da polícia.

Um inquérito foi aberto para verificar se a atuação policial foi adequada. O governador de São Paulo, João Doria, disse que haverá uma investigação para esclarecer o que aconteceu.

Segundo o assessor de imprensa, 38 policiais e 14 carros de polícia participaram da operação. As nove pessoas pisoteadas foram levadas ao Hospital do Campo Limpo, onde morreram, segundo a PM.

Outras sete pessoas feridas foram atendidas em unidade médica de Paraisópolis. Um comunicado diz que a política estava perseguindo suspeitos porque eles estavam causando confusão na vizinhança. Ninguém foi preso.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.